18 Jun 2024


Aprenda como previnir e evitar as doenças respiratórias do inverno

Publicado em Saúde
Avalie este item
(0 votos)

Aprenda como previnir e evitar
as
doenças respiratórias do inverno

O clima frio e o ar seco, aumentam a incidência de problemas respiratórios. Assim, é necessário estar atento para prevenir algumas doenças típicas dessa estação. Para o médico Ronaldo Antonio Giusti, otorrinolaringologista, Santo André, é possível evitar esses problemas e também melhorar a qualidade de respiração no dia-a-dia.

Giusti enfatiza que "os casos mais comuns são os inflamatórios infecciosos e alérgicos: gripes, resfriados, sinusites, bronquites, rinites e pneumonias, que ocorrem por causa da péssima qualidade do ar". São fatores de risco e, por isso, é ne-cessário ficar alerta: a baixa umidade do ar, as mudanças bruscas de temperatura e aumento da poluição do ar são os principais  motivos de preocupação, especialmente para quem tem doenças respiratórias crônicas.
As mudanças bruscas de temperatura também pioram a baixa imunidade, tornando algumas pessoas mais predispostas. Giusti ressalta que, além de predisposição à doenças respiratórias, as crianças e os idosos, também, possuem maior risco de infecções.
O médico afirma que não é fácil previní-las, principalmente devido as condições adversas e o acúmulo de pessoas  em um mesmo ambiente que leva ao aumento da transmissão. Mas, recomenda: "vacinação preventiva, evitar ambientes com aglomeração de pessoas e exposição ao frio."
Em 2012, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe atingiu  mais de 72% do público alvo, sendo que, em sete Estados brasileiros atingiram a meta de 80% de cobertura da vacina. O grupo é formado por idosos a partir de 60 anos de idade, gestantes, população indígena, crianças entre seis meses e dois anos de ida-de e trabalhadores da saúde.
A alimentação saudável, associada à prática de atividades esportivas regulares,  também  é uma dica preciosa para a prevenção de moléstias e inflamações repiratórias, segundo Gius-ti, que ainda ressalta: "nenhum alimento específico propicia um aumento de resistência orgânica, mas sim, uma alimentação balanceada e adequada".
Para evitar o contágio é importante, também, seguir todas as dicas com rigidez principalmente durante o inverno e é claro, consultar um médico em casos de sintomas como: febre, coriza, dores no corpo, tosse e dores de garganta, em casos de alergias e doenças infecciosas consultar o médico periodicamente, para acompanhamento e tratamento da doença.

 

Última modificação em Sexta, 06 Julho 2012 10:46
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Main Menu

Main Menu