24 May 2024


Ribeirão lança programa Tigela Cheia, que troca de recicláveis por ração

Publicado em Cultura & Lazer
Avalie este item
(0 votos)

Inspirado no programa de sucesso da Prefeitura de Santo André, o Moeda PET, que troca recicláveis por ração de cães e gatos, a Prefeitura de Ribeirão Pires lançou, neste sábado (9), o programa “Tigela Cheia”.

A primeira edição da iniciativa, que visa promover a reciclagem e contribuir para a alimentação dos animais, em situação de rua ou não, da cidade, acontece neste sábado (9), das 9h às 15h, no Complexo Ayrton Senna (Avenida Prefeito Valdírio Prisco, 193 - Jardim Itacolomy).

Cada quilo de garrafas plásticas é trocado por um quilo de ração. Um quilo de garrafas plásticas equivale a 20 garrafas de dois litros, 26 de um litro ou 36 de 600 ml. Quem participa pode levar até três quilos de ração para casa por CPF presencial ou pode fazer a doação no local, para que seja destinada às ONGs cadastradas.Além do lançamento do “Tigela Cheia”, também acontece ne

ste sábado mais uma edição da Feira de Adoção de Animais e com oferta de vacinação antirrábica. Pela manhã, o prefeito de Ribeirão Pires, Guto Volpi, compareceu ao evento, junto ao secretário de saúde, Clovis Volpi, onde recepcionou o secretário de Meio Ambiente de Santo André, Fabio Picarelli, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Claudia Fabris.

Na ocasião, Picarelli revelou os números alcançados pelo programa Moeda Pet. “Desde o início da criação do programa, em 2019, já foram trocadas 450 mil garrafas PETs por 22 toneladas de ração. Mais de 6 mil participantes. São números animadores”, comentou o secretário de Meio Ambiente de Santo André. Picarelli comentou que espera o que o programa se torne lei no Estado de São Paulo e assim, seja replicado em todos os municípios.

“Era uma ideia desde o início quando lançamos o Moeda Verde (programa da Prefeitura de Santo André que troca recicláveis por comida), capitaneado pela Ana Carolina Serra, quando ela era presidente do Fundo Social de Solidariedade de Santo André, já estimular também a questão de arrecadação de ração, mas precisávamos de um piloto, então começamos com o Moeda Verde e em seguida iniciamos o Moeda Pet, e tem sido um sucesso desde então. Tenho certeza que, aqui em Ribeirão também será um sucesso”, afirmou Ana Claudia Fabris.

Guto Volpi comentou que foi conhecer o programa Moeda Pet em Santo André e decidiu levar para Ribeirão. “É isso que tem que acontecer no Consorcio Intermunicipal do Grande ABC, os projetos que as cidades têm se fomentam, se discutem, se colocam em prática e a gente passa a regionalizar política pública. Não importa se foi a Prefeitura de Mauá, de Diadema, de Santo André, Ribeirão, Rio Grande ou São Bernardo, o importante é que funciona e atende à sociedade, gera renda, gera dinheiro e sustentabilidade”, disse Guto.

 

Foto: Folha do ABC

Última modificação em Sábado, 09 Março 2024 18:11
Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Destaques

Main Menu

Main Menu