08 Apr 2020

Publicado em José Renato Nalini
Lido 170 vezes
Avalie este item
(0 votos)

Um dos sintomas da patologia coletiva de nossos dias é o número de pessoas deprimidas, estressadas, com síndrome do pânico e outras tantas que surgiram nos últimos anos. Aquele desconforto inexplicável, o mal-estar da civilização agravou-se. Crises, descrença, falta de perspectiva, tudo contribui para criar uma legião de desalentados.
Mas há quem veja nisso uma oportunidade de mudança de rumos. Para melhor. É a nova resolução do Conselho Federal de Psicologia que permite a terapia à distância, a conectar psicólogos e pacientes. Não precisa se preocupar se o seu terapeuta vai tirar férias e você fica apavorado. O que fazer se aquele surto de melancolia o atacar durante esse período?
A psicoterapia online já era regulamentada no Brasil, mas o tratamento virtual só poderia durar vinte sessões. Hoje não há mais limite. Há vantagens evidentes. A desnecessidade de locomoção. A mobilidade, em qualquer cidade que é o paraíso do automóvel e o inferno do ser humano, fica a cada dia mais difícil. Também o custo da terapia. Tratamento individualizado, no consultório, com o uso do sofá do profissional, tem de ser mais caro. Já o atendimento virtual em sala reservada, protegida por senha, tem de ser mais barato.
A iniciativa partiu da constatação de que metade dos municípios brasileiros não têm psicólogos clínicos. O morador da pequena cidade também tem problemas psicológicos. O recurso é procurar a terapia virtual. As consultas podem ser feitas à noite, nos finais de semana e em feriados. Exatamente o período em que os sintomas da perturbação mais se manifestam.
É importante que haja também esse recurso para tentar resgatar a autoestima das pessoas, a sua confiança no futuro, a crença de que não se está sozinho e que existe alguém preocupado com sua saúde mental. É uma questão econômica, também. O número de afastamento nas empresas por transtornos mentais triplicou de 2015 para 2017. Há mais gente desempregada e a pressão é maior para que os restantes no mercado produzam ainda mais, para suprir a falta dos que perderam o seu cargo ou função.
Na verdade, a solidão é um mal que afeta muita gente. O isolacionismo, o egoísmo, os ressentimentos, a dificuldade de perdoar faz com que as pessoas fiquem muito sozinhas. Elas e seus desgostos. Que podem se tornar desespero. Para isso é bom contar com profissionais, à falta dos confidentes, dos confessores, daqueles amigos aos quais se pode recorrer na certeza de encontrar o ombro afável e acolhedor.
Como essas benesses naturais tendem a desaparecer, o melhor é recorrer a serviços profissionais online. Quem experimentou diz que funciona. Que bom.

Folha Do ABC

A FOLHA DO ABC traz o melhor conteúdo noticioso, sempre colocando o ABC em 1º lugar. É o jornal de maior credibilidade da região
Nossa publicação traz uma cobertura completa de tudo o que acontece na região do ABCDM.

Mais nesta categoria: Depende o futuro de nós? »

Deixe um comentário

Make sure you enter the (*) required information where indicated.Basic HTML code is allowed.

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu