06 Apr 2020

A OMS (Organização Mundial da Saúde) decretou pandemia da Covid-19 e o que já era aguardado, a chegada do coronavírus no Brasil, ganhou ainda mais ênfase e ampla cobertura da mídia. E pudera: para evitar a transmissão e a escalonada aos pronto socorros e hospitais, principalmente dos idosos, a recomendação é: salvo exceções, fique em casa e intensifique os hábitos de higiene. Para aqueles que os deslocamentos são imprescindíveis, como profissionais dos serviços de saúde e itens básicos, a atenção deve ser redobrada.

Lavar as mãos, evitá-las colocar no rosto e cumprimentar as pessoas com beijo e aperto de mão estão fora de cogitação, mas outras medidas podem ser consideradas, principalmente dentro de casa. Renato Ticoulat, presidente da Limpeza com Zelo, rede de franquia focada em limpeza residencial, revela que, desde os primeiros casos registrados no Brasil, a procura pelos serviços da rede dobrou. “As pessoas estão começando a entender a limpeza como aquela voltada para saúde e não mais apenas para a aparência do lugar. Fazer a higienização com produtos e procedimentos certificados garante a eliminação de vírus e bactérias, inclusive o coronavírus, que tem nos deixado tão em alerta”, frisa o executivo.

Além de investir em profissionais gabaritados, a sugestão para quem está disposto a ficar livre de doenças é manter a casa o máximo higienizada possível, nem que para isso o brasileiro crie hábitos novos. “Tirar os calçados e deixá-los na entrada da casa, por exemplo, é uma das maneiras de não trazer micro-organismos da rua. É como criar uma zona de segurança”, explica. “Outra medida simples é separar luvas e panos para a higienização de cada cômodo. O mesmo pano de chão para limpar o banheiro e o escritório faz parecer que os locais estão aparentemente limpos, quando, na verdade, só se transferiu as bactérias de um lugar para outro”, completa.

A dica, portanto, é diferenciá-los com cores. Para limpeza de sanitários, vestiários e recolhimento de lixos, pode-se usar luvas amarelas; para limpeza interna, azul e copa e cozinha, verde. Assim como o uso de panos de microfibra: azul para vidros e espelhos, vermelhos para sanitários e vestiários, amarelo ou verde para remoção de pó em superfícies. “Desta forma, utilizando materiais específicos para cada um dos cômodos, é possível garantir a eliminação da sujidade e também a desinfecção melhor dos espaços coletivos. Limpeza é coisa séria, que envolve saúde e bem estar”, destaca o diretor.

Os panos de microfibra, por sinal, é uma outra dica que o presidente dá. “Vale a pena ter este material em casa, já que com seu formato diferenciado em relação aos demais produtos disponíveis no mercado, como o algodão, por exemplo, faz com que as partículas de sujeira entrem nas cavidades e permaneçam lá, além de absorverem até oito vezes seu peso em líquido. Por possuir, também, carga positiva, cria uma enorme capacidade de reter a sujeira, que possui carga negativa”, explica. Para limpar o chão ou outras superfícies maiores, a opção é o mop, com cerdas de microfibra. Mas vale lembrar que embora seja uma boa pedida para ter em casa, a microfibra não é biodegradável, então, quanto mais tempo durar, melhor será para o meio ambiente.

Quantos às composições, principalmente aquelas que perfumam ambiente ou móveis, é preciso ficar atento. “Muitos daqueles que garantem a eliminação de germes e bactérias não correspondem, de fato, ao que prometem. As tecnologias mais avançadas nem sempre ficam à disposição do consumidor”, revela Renato. “A aplicação de produtos por meio de empresas especializadas garante a verdadeira higienização e eliminam o coronavírus, que pode sobreviver até cinco dias em papel e plástico, quatro em madeira e vidro, dois em aço e oito horas em alumínio”, conclui.

Como forma de prevenir os servidores e a população por conta da pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Santo André suspenderá, a partir desta segunda (23), as atividades da Praça de Atendimento, localizada no prédio do Executivo. A medida, que ficará em vigor por tempo indeterminado, vale também para todos os postos SIM (Sistema Integrado Municipal).

Os munícipes podem entrar em contato com a Prefeitura por meio dos telefones 0800 0191944 e 156, que funcionarão de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O atendimento telefônico será realizado por cerca de 90 servidores do Departamento de Atendimento ao Cidadão (DAC), que trabalharão em sistema home office. Além disso, o munícipe encontra uma gama de serviços online no site da Prefeitura (www.santoandre.sp.gov.br).

Localizada no térreo 1 do prédio do Executivo, no Paço Municipal, a Praça de Atendimento da Prefeitura realizou mais de 33 mil atendimentos presenciais nos dois primeiros meses do ano.

A Prefeitura de Santo André tem se mobilizado para oferecer serviços digitais ao cidadão. O Departamento de Controle Urbano (DCUrb) adaptou 100% dos serviços para serem realizados virtualmente, pelo sistema Acto. Desta forma, não há necessidade do deslocamento até a Praça de Atendimento para abertura de serviços para as áreas de aprovação, uso do solo e fiscalização.

A Sala do Empreendedor também está utilizando o sistema Acto para realizar atendimento técnico online. Desta forma, os empreendedores podem tirar digitalmente todas as dúvidas referentes à abertura, alteração e encerramento de empresas. Os serviços do Via Rápida Empresa (VRE) também passaram por adaptação para serem realizados pelo Acto a partir desta segunda-feira.

O Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda (CPETR) tem orientado os trabalhadores a utilizarem de casa os serviços online do Emprega Brasil e Sine Fácil Trabalhador. Por meio das plataformas, que podem ser encontradas também em aplicativos de smartphones, os trabalhadores podem emitir a carteira digital de trabalho, solicitar o seguro desemprego, acessar o “Meu INSS”, além de buscar novas vagas de emprego.

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) também suspenderá o atendimento presencial a partir desta segunda-feira na sede da autarquia. Serão atendidos somente os usuários que já agendaram suas solicitações. Dúvidas, informações e solicitações de serviços poderão ser feitas pelo telefone (115, 0800-4848115 ou 4433-9300), pelo Fale Conosco, pelos serviços online no site do Semasa (www.semasa.sp.gov.br), ou ainda pelo Facebook da autarquia (www.facebook.com/SemasaSantoAndre).

Serviços não presenciais oferecidos pela Prefeitura:

Atendimento ao munícipe

- 0800 0191944 e 156, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Plantão de informações e dúvidas sobre o coronavírus

- 0800 4848 004

Ouvidoria da Saúde

- 0800 192300

Ouvidoria de Santo André

- 4437-1150 / O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Sabesp (água e esgoto)

- 195 ou 0800 011 99 11

Departamento de Engenharia de Tráfego (DET)

- 0800 770 3194

Iluminação Pública

- 0800 774 2100

Departamento de Controle Urbano / Sala do Empreendedor / Banco do Povo

- Sistema Acto (app)

CPTER (Centro Público de Trabalho e Renda)

- https://empregabrasil.mte.gov.br/

Atendimento relacionado a tributos

- ISS: Acessar Giss online pelo site http://portal.gissonline.com.br. Dúvidas pelo telefone 2175-1145 ou e-mails O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo., O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. e O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

- IPTU: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

- ITBI: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

- Dívidas: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Gerência de Desenvolvimento Comunitário (aluguel social e núcleos habitacionais)

- Telefone: 4433-0440/0438

Procon

- O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou pelos sites www.consumidor.gov.br e www.procon.sp.gov.br

Semasa

- Os agendamentos poderão ser realizados por telefone (115, 0800-4848115 ou 4433-9300), pelo Facebook do Semasa (www.facebook.com/semasasantoandre) ou pelo Fale Conosco, disponível no site da autarquia (www.semasa.sp.gov.br).

Para dúvidas sobre atendimento técnico de licenciamento ambiental, entrar em contato pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou no telefone 4433-9969.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, assinou Medida Provisória e decreto que têm o objetivo garantir a aquisição de bens, serviços e insumos destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus. Entre outras determinações, regulamenta os serviços essenciais que não devem ser interrompidos durante o período de combate a doença.

A medida dá segurança aos serviços públicos e atividades essenciais consideradas indispensáveis ao atendimento das necessidades da população que não podem esperar o fim da pandemia. Ainda considera aqueles que, se não atendidos, colocam em perigo a sobrevivência, a saúde ou a segurança dos brasileiros.

Veja a lista completa:

I - assistência à saúde, incluídos os serviços médicos e hospitalares;

II - assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;

III - atividades de segurança pública e privada, incluídas a vigilância, a guarda e a custódia de presos;

IV - atividades de defesa nacional e de defesa civil;

V - transporte intermunicipal, interestadual e internacional de passageiros e o transporte de passageiros por táxi ou aplicativo;

VI - telecomunicações e internet;

VII – captação, tratamento e distribuição de água;

VIII - captação e tratamento de esgoto e lixo;

IX - geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e de gás;

X - iluminação pública;

XI - produção, distribuição, comercialização e entrega, realizadas presencialmente ou por meio do comércio eletrônico, de produtos de saúde, higiene, alimentos e bebidas;

XII - serviços funerários;

XIII - guarda, uso e controle de substâncias radioativas, de equipamentos e de materiais nucleares;

XIV - vigilância e certificações sanitárias e fitossanitárias;

XV - prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doença dos animais;

XVI - vigilância agropecuária internacional;

XVII - controle de tráfego aéreo, aquático ou terrestre;

XVIII - compensação bancária, redes de cartões de crédito e débito, caixas bancários eletrônicos e outros serviços não presenciais de instituições financeiras;

XIX - serviços postais;

XX - transporte e entrega de cargas em geral;

XXI - serviço relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados (data center) para suporte de outras atividades previstas neste Decreto;

XXII - fiscalização tributária e aduaneira;

XXIII - transporte de numerário;

XXIV - fiscalização ambiental;

XXV - produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;

XXVI - monitoramento de construções e barragens que possam acarretar risco à segurança;

XXVII - levantamento e análise de dados geológicos com vistas à garantia da segurança coletiva, notadamente por meio de alerta de riscos naturais e de cheias e inundações;

XXVIII - mercado de capitais e seguros;

XXIX - cuidados com animais em cativeiro;

XXX - atividade de assessoramento em resposta às demandas que continuem em andamento e às urgentes;

XXXI - atividades médico-periciais relacionadas com o regime geral de previdência social e assistência social;

XXXII - atividades médico-periciais relacionadas com a caracterização do impedimento físico, mental, intelectual ou sensorial da pessoa com deficiência, por meio da integração de equipes multiprofissionais e interdisciplinares, para fins de reconhecimento de direitos previstos em lei, em especial na Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015 - Estatuto da Pessoa com Deficiência; e

XXXIII - outras prestações médico-periciais da carreira de Perito Médico Federal indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade.

Confira mais em:

LEI Nº 13.979, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2020 - Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019. (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2020/Lei/L13979.htm)

MEDIDA PROVISÓRIA Nº 926, DE 20 DE MARÇO DE 2020 - Altera a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, para dispor sobre procedimentos para aquisição de bens, serviços e insumos destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus. (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2020/Mpv/mpv926.htm)

DECRETO Nº 10.282, DE 20 DE MARÇO DE 2020 - Regulamenta a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, para definir os serviços públicos e as atividades essenciais. (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2020/Decreto/D10282.htm)

O Banco do Brasil (BB) anuncia dois novos leilões virtuais, na quinta (26), às 11h e 11h30, para venda de 40 imóveis nos estados de São Paulo (capital e interior), Rio de Janeiro, Bahia e Santa Catarina. Os lances mínimos variam entre R$ 24 mil e R$ 14 milhões.

No ABC, o BB irá leiloar três imóveis em São Bernardo. O primeiro, apartamento 101, no 10º andar, de 53 m², localizado no Edifício Congonhas, Parque Residencial Tiradentes, na Av. Tiradentes, 1837, no bairro Santa Terezinha e tem lance inicial de R$ 103 mil; o segundo, também no Parque Residencial Tiradentes, apartamento nº 62, localizado no 6º andar ou 7º pavimento do bloco 03 do Edifício Ouro Preto, com área útil de 53 m², situado na Rua Tiradentes nº 1837, com lance mínimo de R$ 136 mil; o terceiro, apartamento nº 42, 4º andar do Edifício Skorpios, integrante do Condomínio Ilhas Gregas, com área útil de 69,3952m², situado na Rua 15 de Agosto, nº 50, com lance mínimo de R$ 182 mil. Mais informações: www.lancenoleilao.com.br/bb.

Com o objetivo de oferecer alternativas de aprendizado e troca de conhecimento em um momento em que as pessoas estão se resguardando por causa da pandemia do novo coronavírus, a equipe de Educação Ambiental do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) lança um inédito minicurso sobre a água totalmente on-line e gratuito.

A formação faz parte do projeto Sensibilizando Olhares, Compartilhando Saberes, desenvolvido pela autarquia desde 2017 e que já contabilizou minicursos de sucesso, como Plantas Medicinais, Rios Urbanos, Consumo Consciente, entre outros.

Nos pocket cursos on-line, os participantes terão acesso a conteúdo exclusivo, elaborado pela equipe do Semasa e, ao final, ainda receberão a certificação – de forma digital – com carga horária de até duas horas. Para participar, é necessário fazer a inscrição e, na data de início da sua turma, o interessado receberá uma senha para acessar todos os conteúdos.

Os participantes serão estimulados a fazer reflexões e responderam perguntar relativas às temáticas de cada pocket curso. A partir da data de início da turma, cada interessado terá um mês para finalizar o seu curso.

Para o lançamento, o tema escolhido foi “Panorama Geral da Água”, em comemoração ao Dia Mundial da Água, celebrado neste domingo (22).

Em breve, a equipe de Educação Ambiental do Semasa lançará outros módulos e temas para as formações on-line. As inscrições para o primeiro curso estão abertas, até 25 de março, em www.semasa.sp.gov.br/minicursos.

A Universidade Metodista de São Paulo colocou à disposição da Prefeitura de São Bernardo as acomodações do campus Vergueiro para ações do Poder Público no combate à pandemia mundial do coronavirus. Localizado na área central do Município e de fácil acesso, o campus Vergueiro dispõe de mais de duas dezenas de salas com acomodações para mais de 1.500 pessoas, anfiteatro, dois laboratórios e praça de alimentação, além de dois estacionamentos com mais de 50 vagas, prestando-se tanto para ações comunitárias quanto de saúde.

Em mensagem enviada na noite de 19 de março ao prefeito Orlando Morando, o reitor Marcio Oliverio parabeniza o gestor público pelas medidas sanitárias adotadas na cidade e citou a missão confessional da Metodista, de promoção de justiça e solidariedade, destacando a necessidade de esforços coletivos para enfrentar o desafio da pandemia mundial.

A Metodista não interrompeu o calendário acadêmico de 2020, transferindo as aulas presenciais para o modelo on-line diário, ao vivo, no mesmo horário do calendário de cada curso. A dinâmica foi permitida pela Portaria MEC nº 343 de 17 de março de 2020, autorizando por 30 dias, prorrogáveis por mais 30, que aulas presenciais sejam oferecidas com utilização de ferramentas de transmissão on-line, exceto o curso de Medicina e atividade práticas como estágios.

Turmas do Ensino a Distância (EAD), que se encontram virtualmente uma vez por semana, seguem a rotina das aulas no AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem).


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu