22 Feb 2018

Com a persistência da crise política e econômica, muitos brasileiros continuam buscando oportunidades no exterior. De acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), atualmente, mais de 1,3 milhão de brasileiros residem legalmente nos Estados Unidos. Um levantamento da Visa Franchise, consultoria americana especializada na abertura de negócios nos Estados Unidos, mapeou a preferência nacional ao ingressar em terras americanas. Para 90% dos empresários, a Flórida é o principal destino de quem deseja abrir seu próprio negócio. Outros 5% preferem a Califórnia e os demais 5% se espalham por diversas regiões do país.

"São três fatores que influenciam na preferência pela Flórida. O primeiro é que se trata de uma região com voos diretos para algumas cidades brasileiras; o segundo é o clima, similar ao do Brasil; e o terceiro é a presença de brasileiros na região, o que facilita a adaptação na terra estrangeira", explica Jack Findaro, diretor financeiro da Visa Franchise.

As cidades mais requisitadas pelos empresários são Miami e Orlando, por serem regiões bem conhecidas e turísticas. Porém, também existe procura em demais municípios, como Tampa, Boca Raton e Fort Lauderdale. "O interessante é que esta regra apresenta exceções. Os gaúchos, normalmente, não gostam de Miami ou outras localidades da costa leste dos Estados Unidos. Preferem lugares onde podem vivenciar a cultura local, como Califórnia", detalha o executivo.

Apesar de não estar entre as localidades preferidas pelos empresários, o Texas vem se mostrando uma tendência para perfis já conhecedores das terras americanas. "Estamos percebendo um movimento de pessoas para o Texas. Geralmente, quem já conhece o estado, sabe de seu potencial econômico e enxerga que há boas oportunidades de investimento. É um foco em retorno econômico, mais do que em qualidade de vida", diz Findaro.

Investimentos X Retorno

Além da decisão sobre onde atuar, é necessário entender no que investir. Jack Findaro explica que a abertura de franquias está se tornando uma opção recorrente dos empresários brasileiros, por conta do convênio entre estabilidade e lucro.

Até o ano de 2016, o segmento de franquias movimentou, direta ou indiretamente, US$ 2,3 trilhões. "Trata-se de um mercado mais maduro e regulamentado do que o Brasil, porque existe um órgão fiscalizador, que obriga as empresas franqueadoras a divulgarem seus rendimentos, custos, entre outras informações essenciais para quem deseja empreender", detalha Findaro.

As possibilidades são inúmeras, mas alguns segmentos se destacam nas preferências dos brasileiros: indústrias de beleza, de fitness, mercado de gestão de propriedade, indústria de sobremesas congeladas e indústrias de limpeza. Os investimentos iniciais variam entre US$ 80.000 e US$ 286.000, conforme a área selecionada.

O diretor financeiro explica que, além de decidir no que investir, é necessário entender que determinados segmentos exigirão conhecimentos específicos. "As franquias baseadas em serviços geralmente funcionam apenas para investidores com inglês avançado. Caso a pessoa não fale o idioma, ela deve ter um parceiro ou gerente que tenha esse conhecimento, e isso pode aumentar o investimento inicial".

Para Findaro, as diversas segmentações em crescimento mostram que franquias são negócios benéficos a todos os lados envolvidos. "O franqueador encontrará nesta forma de negócio, um meio de crescer mais rápido. Já o franqueado tem a possibilidade de investir em um produto ou serviço em que terá processos definidos, fornecedores selecionados e suporte".

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, assinou, na manhã de segunda (29), convênio com o governo do Estado para transferência de recursos voltados à execução de obras de recapeamento asfáltico em trecho da Avenida Presidente João Café Filho, no bairro dos Casa. Orçada em R$ 500 mil, a intervenção foi parcialmente viabilizada por meio de emenda parlamentar no valor de R$ 400 mil, de autoria do deputado estadual, André Soares (DEM).

O município, por sua vez, ficará responsável pela injeção de outros R$ 100 mil no projeto, que tem prazo de 30 dias para ser iniciado, conforme estabelece o convênio. A vigência do contrato será de 24 meses. Já a supervisão da execução das obras será de responsabilidade do Estado. A formalização do convênio aconteceu na subsecretaria de Relacionamento com Municípios da Casa Civil do Estado, localizada na região central de São Paulo.

“São Bernardo agradece ao deputado por este recurso reservado especialmente para a cidade. Esse montante será essencial para colocar em prática o plano de melhorias na mobilidade urbana da região do bairro dos Casa. Esta intervenção é antiga demanda de moradores e irá beneficiar a todos que circulam pelo local. Também agradecemos ao governador Geraldo Alckmin pelo empenho em beneficiar de forma igualitária os municípios de São Paulo”, destacou o chefe do Executivo.

A agenda também foi acompanhada pelo vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Marcelo Lima, e pelo próprio deputado André Soares.

Outros investimentos – Além da reserva de parte do Orçamento estadual, São Bernardo já havia sido contemplada no início do ano passado com emenda no valor de R$ 1,5 milhão de autoria do deputado federal Gilberto Nascimento (PSC). A articulação para recebimento dos valores faz parte do plano de uso inteligente do dinheiro público, baseado na captação alternativa de recursos. A medida alia-se a uma política para a contenção de gastos e austeridade fiscal, como devolução dos carros oficiais, corte de cargos comissionados, enxugamento de contratos, entre outras medidas.

O advogado e presidente da 39ª Subsecção da OAB de São Bernardo, Luís Ricardo Davanzo, em entrevista exclusiva à Folha, realizou um balanço de sua gestão de cinco anos à frente da entidade e revelou que a advocacia passa por um momento complicado, devido à superjudicialização.

No primeiro mandato frente à instituição, de 2014-2016, segundo o advogado, o maior desafio encontrado foi unir a classe, que estava dividida por questões políticas. “Concorremos contra quatro chapas e, a partir do momento que fomos eleitos, chamamos todos, inclusive os que tinham sido oposição, para participar da gestão. Nossa subsecção é a quarta maior do Estado, e São Bernardo é uma subsecção maior que muitos Estados do nosso País. Somos aproximadamente 6 mil advogados”, disse.

Como principal realização de sua gestão está a criação de aproximadamente 60 comissões setoriais. “Entre elas, algumas de destaques, de Combate Câncer, de Proteção e Defesa ao Animal, ao além das essenciais de Ética, de Prerrogativas, Direito do Trabalho, da Família, etc. Também criamos uma comissão pioneira em todo o País, de Representação junto a Área Contábil, porque boa parte dos contadores também é inscrito nos quadros da OAB. E temos uma comissão para os estagiários, a Comissão do Acadêmico de Direito, porque temos, no ABC, 10 faculdades de Direito, são 800 estagiários participando dessa comissão”, contou.

Também merece destaque, segundo Davanzo, a realização de diversas palestras, a criação de um premiações para autoridades e funcionários públicos do ano.

Para encerrar o segundo mandato, o presidente pretende a instalar OAB Concilia. “Cada dia mais aumenta a questão de soluções de conflitos. As pessoas procuram soluções de conflitos para desafogar o Poder Judiciário. Então, assim como existe o Cejusc, no Fórum, teremos o OAB Concilia. A única dificuldade seria um local para instalação, não temos espaço físico em nossa subsecção. Então, estamos procurando um imóvel próximo ao Fórum, onde possamos instalar esse projeto”, revelou.

Davanzo também fez análise da atual situação dos advogados. “A advocacia passa por um momento que está existindo uma superjudicialização de tudo, por exemplo, se o Lula vai ser candidato ou não à presidência da República, depende da Justiça. Então, está superjudicialização da vida da sociedade está fazendo com que, muitas vezes a advocacia também tenha que se envolver com as questões políticas”, contou. O presidente ressaltou ainda que advocacia passa por um momento muito importante. “Hoje existe uma crise moral, ética, financeira, generalizada. As pessoas não acreditam mais nas autoridades e nem nas instituições e a advocacia acaba exercendo papel de guardiã do Estado”.

O presidente acredita que ainda existem muitos desafios para classe e idealiza dois projetos ousados. “Temos muitos advogados falecendo jovens, com 40 anos, por causa da vida tensa, que é a advocacia. Portanto, acho importante termos um Clube dos Advogados na nossa região, com sede naútica. E ainda, um Hospital do Advogado. Porém, para se tornarem realidade, não depende só de São Bernardo, depende de uma força regional, não é um projeto imediato é um projeto para o futuro”, disse.

ELEIÇÕES- Neste ano haverá eleições na 39ª subsecção da OAB de São Bernardo, na segunda quinzena de novembro. “O mandato é por triênio, estou na presidência por dois mandatos e não tenho pretensão à reeleição. Irei trabalhar o processo sucessório, de pessoas ligadas ao grupo. Não temos candidato definido, mas, ele sairá da diretoria ou do pessoal que está ajudando a tocar a gestão neste período que estamos na frente da presidência”, disse.

Estima-se que 40 milhões de brasileiros sofrem com dermatite atópica – principalmente crianças, segundo dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Saiba o que é, os sintomas, causas, tratamento e prevenção, com a dermatologista, Dra. Celia Prearo.

 

Folha do ABC - O que é a dermatite atópica?

Celia Prearo - A dermatite atópica é uma doença crônica. É o individuo que reage anormalmente a inúmeros estímulos sejam por contato, por ingestão, por inalação. Não se sabe exatamente porque esse indivíduo reage tanto, os mecanismos não são totalmente conhecidos, mas, o que se sabe é que os fatores genéticos, imunológicos e ambientais são importantes. Como é multifatorial, ela não tem um alergeno específico, uma substância que cause especificamente.

É uma doença de abrangência mundial e afeta mais as crianças. É mais difícil levar para a vida adulta, mas, pode acontecer. Não há uma causa muito espefícica, é um conjunto de causas. A principal causa é genética, existem famílias nas quais a dermatite atópica é mais comum.

Nas crianças que têm essa tendência à dermatite atópica, há algum dos pais ou familiares afetados e é intimamente ligada à alergia res-piratória também, então, comumente há rinite, asma, sinusite alérgica. Não sendo obrigatório, mas, comum. E a dermatite atópica é a mesma manifestação dessas alergias respiratórias, só que na pele.

Folha - Quais são os sintomas?

Celia - As crianças que têm esse problema, já muito cedo, aos três meses de idade, em média, pode apresentar, na face, uma aspereza, e conforme as etapas da vida vão chegando, manifestações diferentes podem acontecer, então pode haver descamação na pele, ressecamento, manchas brancas quando a criança toma sol, o que se chama de pitiriase alba, também pode haver descamação no couro cabeludo, nas plantas dos pés e palmas das mãos.

O pré-escolar tipicamente apresenta eritema (um vermelho) e descamação nas dobras dos braços e pernas e assim por diante. Quando chegam ao período da puberdade, aproximadamente, grande parte dessas crianças irá melhorar, e irão paulatinamente deixar de apresentar as lesões. Alguns levam para a vida adulta.

A doença também possui diversos graus. Existem pacientes que apresentam uma dermatite atópica leve, têm pacientes que apresentam grau moderado, e outros, muito grave, necessitando de medicamentos por via oral.

Folha - Qual o tratamento?

Celia - O tratamento dessas lesões depende do que aquela criança apresenta no momento, mas, como um tratamento geral e básico, podemos citar a hidratação da pele, com hidratantes apropriados que mantem a função de barreira na pele. Eles são importantíssimos, diariamente, além de pomadas e cremes apropriados para cada lesão e proteção solar.

E como as lesões podem ser muito pruriginosas, são necessários, às vezes, medicamentos antialérgicos que vão diminuir esse prurido. Adultos que têm uma dermatite atópica consideravel, também necessitam do mesmo tratamento.

Mas, normalmente, é bom que se afaste a criança de locais com pó, de tudo que possa reter ácaros, alimentos industrializados com corantes e conservantes, sendo indicada uma alimentação mais natural, roupas arejadas e de algodão. É comum a criança ter também alergia a picadas de inseto associada. Então, no ambiente onde ela vive, os familiares precisam ter esse cuidado, tentar o menos possível ter a presença de insetos como pulgas, formigas, pernilongos, etc.

A Lua estará maior no céu, na noite de quarta (31). Nesta data, vai acontecer o fenômeno astronômico chamado de Super Lua, quando o satélite fica mais próximo da Terra. E quem quiser acompanhar cada detalhe de um jeito diferente poderá utilizar os telescópios e binóculos do Núcleo de Observação do Céu (NOC) da Sabina Escola Parque do Conhecimento. A observação da Super Lua ocorrerá entre 19h e 21h e os telescópios serão utilizados também para visualizar estrelas e nebulosas. A atividade marca o encerramento da programação especial de férias da Sabina.

Também no dia 31 de janeiro ocorrerão outro dois fenômenos. Um deles é o eclipse total lunar (Lua de Sangue), que não será visto do Brasil. O Núcleo de Observação do Céu vai retransmitir ao vivo o eclipse, que poderá ser observado no próprio NOC a partir das 10h30 ou pela internet, em facebook.com/sabina.planetario. Neste dia ocorre também a Lua Azul, quando há duas Luas cheias no mesmo mês, fenômeno que não é comum.

Em caso de céu nublado ou chuva a observação da Lua ocorrerá na sala de projeção do planetário, com apresentação sobre os eventos do dia relacionados ao satélite, além de reconhecimento do céu no planetário.

Fenômenos lunares - O eclipse lunar total é quando a Lua está completamente presente no cone de sombra da Terra chamada umbra. A sombra da Terra é dividida em duas partes: penumbra e umbra. A penumbra é a região da sombra que não há o bloqueio completo da luz do Sol já a umbra é uma sombra escura, pois a luz do Sol esta sendo bloqueada por completo. Quando a Lua esta presente na penumbra temos o eclipse penumbral, porém ao estar presente na umbra classifica-se como eclipse total.

Quando ocorre o eclipse total, a Lua assume um tom avermelhado, a chamada “Lua de Sangue”. Esse efeito é um fenômeno atmosférico já que, ao alcançar a atmosfera da Terra, a luz do Sol composta de vários comprimentos de ondas é filtrada pelos gases da atmosfera, porém o comprimento de onda do vermelho é o que atinge a Lua, deixando-a vermelha.

O fato de no dia 31 acontecer o eclipse lunar total coincidindo com a Superlua (perigeu) e a Lua Azul, torna esse fenômeno astronômico raro de se ver. A última vez que essa configuração aconteceu foi em 31 de dezembro de 1866, portanto há 152 anos. Os próximos dois eclipses com essas características ocorrerão em 31 de dezembro de 2028 e 31 de janeiro 2037.

Saiba mais:

ECLIPSE TOTAL LUNAR (LUA DE SANGUE):

Horário: A partir das 10h30

Retransmissão do eclipse lunar via You Tube Live com comentários de Marcos Pedroso e Douglas Bezerra Silva. O link para acompanhar a retransmissão será postado diretamente no nosso facebook: www.facebook.com/sabina.planetario.

OBSERVAÇÃO DA SUPERLUA e LUA AZUL

Horário: Das 19h às 21h

Inclui observação do céu noturno com telescópio, observação do nascimento da Lua a olho nu e com binóculos e projeção do fenômeno ocorrido no período da manhã. Adquira o seu ingresso na bilheteria da Sabina no dia do evento até às 19h30. Valor: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia-entrada). Grátis: Mediante comprovação, para alunos e professores das escolas municipais de Santo André, para crianças menores de 5 anos e pessoas com deficiência.Meia-entrada: Mediante comprovação, para estudantes, professores, servidores públicos da Prefeitura de Santo André, crianças de 6 a 12 anos, aposentados e idosos acima de 60 anos. Mais informações pelo telefone: 4422-2000.

A volta da escola

Depois da volta das férias, Réveillon e o Carnaval que está próximo, está para voltar o insuportável trânsito no ABC em Santo André, São Bernardo e São Caetano. Para piorar a situação, as chuvas torrenciais têm uma enorme participação nos estragos em residências, riachos, etc. Também tiveram uma efetiva participação nos congestionamentos dos volumes de carros nas ruas das cidades locais. Nesse fim de férias das escolas do ABC, o volume de carros rodando pelas ruas, evidentemente, aumenta consideravelmente nos períodos de almoço e no final da tarde nas saídas das escolas e das empresas. Haja saúde. Nos prédios com uma única garagem, o congestionamento dos veículos é formado dentro dos prédios. Além disso, as dezenas de prédios erguidos, comerciais ou residenciais, inundaram ruas locais com centenas de novos carros trazidos para o ABC pelos novos moradores.
Evidentemente, as três cidades do ABC não estavam preparadas para essa invasão. O resultado é que uma ida de Santo André a São Bernardo, que em décadas atrás, demorava entre 15 a 20 minutos, agora a espera é de quase uma hora. O problema se complica mais ainda, é que cinco ruas unem Santo André, com mais de 800 mil habitantes, e São Bernardo, chegando aos 900 mil habitantes. São elas:
Avenida Príncipe de Gales, Avenida Atlântica/Avenida Winston Churchill, Avenida Lions/Prestes Maia e Complexo Guarará/Rua das Vianas. Essas cinco vias sofrem um enorme congestionamento há décadas, antes nos horários de pico e agora o dia inteiro. Em horários de pico, estas cinco vias chegam a ficar congestionadas. Os atuais prefeitos das cidades do ABC vem se esforçando para mudar esta situação, com a construção de novos viadutos e corredores de ônibus, como acontece em São Bernardo com o viaduto que ligará as regiões Leste-Oeste da cidade.


Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu