04 Jul 2020

A tecnologia vem sendo uma importante aliada da Prefeitura de São Bernardo no combate ao Coronavírus. Além dos tradicionais métodos de higienização de ambientes, os Hospitais de Clínicas, Novo Anchieta e de Urgência ganharam reforço na desinfecção do ar de enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) com a instalação de equipamentos específicos, capazes de eliminar microorganismos causadores de doenças por meio de luz ultravioleta.

Os aparelhos desenvolvidos para desinfetar ambientes foram doados à Prefeitura de São Bernardo pela empresa Biolambda. No total, são oito equipamentos, avaliados em R$ 100 mil, com capacidade para desinfecção aproximadamente 500 m³ de ar por hora. Eles foram instalados em três hospitais da rede municipal: Hospital de Clínicas, Novo Hospital Anchieta e Hospital de Urgência, sendo os dois últimos exclusivamente dedicados ao atendimento de pacientes acometidos pela Covid-19.

O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, agradeceu a doação e ressaltou a importância do trabalho alinhado com a iniciativa privada no enfrentamento da pandemia. “Neste momento, toda iniciativa e doação são bem-vindos. Quem mais ganha com isso são os nossos pacientes e também os profissionais de Saúde, que estão na linha de frente desta luta diária contra o Coronavírus”, destacou.

De acordo com o secretário de Saúde de São Bernardo, Geraldo Reple Sobrinho, a nova tecnologia vem somar ao tratamento de qualidade já ofertado na Saúde do município. “Os aparelhos são ideias para tratar o ar de ambientes fechados e com grande circulação de pessoas, e podem ficar ligados ininterruptamente, já que não configura uma tecnologia invasiva ou prejudicial ao ser humano. Vai agregar muito ao nosso Complexo Hospitalar”, detalhou.

COMO FUNCIONA – O aparelho funciona como um condicionador de ar, que é sugado, descontaminado por meio da irradiação de luzes ultravioletas, e devolvido ao ambiente livre de bactérias, vírus e outros microrganismos. Ao entrar em contato com os microorganismos, a luz ultravioleta induz reações químicas que bloqueiam a proliferação de vírus ou bactérias, inativando-os ou matando-os.

A Prefeitura de Santo André e a Polícia Civil inauguraram oficialmente, na quinta (2), as novas instalações da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que antes funcionava em imóvel na Vila Guiomar e passou a atender em um prédio na rua Laura, 452, na região central da cidade.

Com um amplo espaço, a nova sede da DDM oferece atendimento humanizado às mulheres. São ao todo três pavimentos, onda há sala de acolhimento à vítima, brinquedoteca e sala para delegada titular e assistente. Também há salas para o chefe dos investigadores e dos escrivães, cartórios, copa e banheiros para os funcionários e para o público.

As obras de adequação do imóvel foram feitas pela Prefeitura de Santo André, incluindo novas instalações elétricas, novo mobiliário e divisórias, além de implantação de comunicação visual.

 “Desde o início da gestão, com essa integração entre as polícias e a prefeitura, assumimos a responsabilidade de investir na segurança. Temos hoje o COI, um dos melhores Centros de Operação Integrada de todo o estado de São Paulo, que já atendeu mais de 1.200 ocorrências, além do investimento na nossa GCM. Esta nova sede é mais um símbolo dessa grande parceria, combatendo a violência contra a mulher”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

24 horas – O atendimento presencial na Delegacia da Mulher de Santo André é de segunda a sexta, das 9h às 19h. No entanto, as vítimas podem fazer denúncias online 24 horas por dias, com acionamento imediato das equipes que ficam locadas na delegacia física. Basta acessar o site www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br.

 

A DDM de Santo André passará a funcionar presencialmente de forma ininterrupta quando todos os protocolos e etapas do Governo do Estado estiverem concluídos, o que inclui adaptações de sistemas e de quadro de funcionários da Polícia Civil.

Renata Pinchiari já é uma dentista tradicional em Santo André. Com família atuante na área odontológica, Renata, especialista em endodontia, tem se aprimorado, também, na área estética.Em entrevista exclusiva contou um pouco mais sobre a grande tendência do momento, a Harmonização Orofacial. Renata é especializanda em Harmonização Orofacial pelo Instituto Nacional de Reabilitação Oral – INRO, credenciada, pelo Instituto Tereza Scardua, nas técnicas de Hidrolifting com Bioestimuladores e Protocoll. Confira.

FOLHA DO ABC- Depois de mais de dez anos atuando na área de Odontologia, nas especialidades de cirurgia, endodontia e próteses dentárias, como e quando surgiu o interesse em aprimorar os conhecimentos na área estética?

Renata Pinchiari- A área da estética, harmonização orofacial é fascinante. Desde 2016, quando fiz meu primeiro curso nessa área, venho de dedicando muito aos estudos. Eram alguns cursos de atualização na época. Ano passado, 2019 a Harmonização tornou-se especialidade odontológica e eu ingressei no curso de especialização e não paro de realizar várias outras atualizações nas diversas modalidades dentro da Harmonização, em especial os bioestimuladores de colágeno e a cosmetologia aplicada à estética. É maravilhoso poder tratar, cuidar da face de meu paciente, além claro de contribuir com um belo sorriso. A Harmonização orofacial me possibilita tudo isso.

FOLHA DO ABC- O que faz a harmonização orofacial? Quais os profissionais habilitados para fazê-la?

Renata Pinchiari- A Harmonização orofacial é uma especialidade que abrange diversas técnicas e tratamentos estéticos faciais, como botox, preenchimentos faciais e bioestimuladores de colágeno. Hoje são habilitados a realizar procedimentos estéticos faciais: médicos, dentistas, biomédicos, farmacêuticos estetas.

FOLHA DO ABC- Quais os principais procedimentos mais realizados, as indicações e quais as queixas mais frequentes dos pacientes? Qual a média de valores?

Renata Pinchiari- A Harmonização possui vários procedimentos, os mais procurados são Botox (aplicação de toxina botulínica) para eliminar ou amenizar rugas faciais, os bioestimuladores de colágeno como Sculptra e Diamond para a estimulação de colágeno juntamente com peelings ou Protocoll para melhorar  a textura da pele, clarear manchas e cicatrizes de acne. Os preenchimentos faciais também são bem procurados para devolver volume perdido com o envelhecimento ou definir contornos faciais. Ah, o preenchimento labial é o queridinho das mulheres, deixando os lábios mais volumosos e sensuais.   Além deles, temos também o lifting com os fios de PDO, rinomodelação, enzimas para o emagrecimento facial entre outros tratamentos.

Hoje, de modo geral, os pacientes chegam ao consultório à procura de tratamentos de rejuvenescimento, ou seja, deseja um envelhecimento saudável, sem mostrar o peso da idade em seu rosto, através de procedimentos sem exageros, de forma natural e gradual. Os bioestimuladores de colágeno em conjunto com os peelings de rejuvenescimento e também o famoso Protocoll ajudam muito a tratar essa queixa.

A faixa de preços varia muito. Pode ir desde um procedimento simples na faixa de R$300 a procedimentos mais elaborados os quais necessitam de varias sessões e materiais mais caros, que podem ir até R$ 3 mil, R$ 4 mil, por exemplo. Tudo dependerá do tipo de tratamento, queixa e desejo do paciente.

 

Os apreciadores de sopa para viagem já podem contar com mais esse serviço na Coop - Cooperativa de Consumo. Até o final do inverno, três lojas de Santo André e uma de São Bernardo oferecerão diariamente, no almoço e jantar, duas opções de sabores, disponibilizadas em embalagens de 500 gramas para viagem. Ao todo, são 16 versões no cardápio.

 Neste ano, por conta da pandemia, não será possível degustá-las na própria loja, como nos anos anteriores, mas para não deixar de atender aos cooperados e clientes, Débora Cosenza, coordenadora de segurança alimentar, e Daniela Marchiolli, gerenciadora de produtos, reinventaram o serviço, já que o Festival de Sopas foi muito bem aceito nas últimas duas edições.

 O produto pode ser encontrado no setor de rotisseria da unidade de São Bernardo (Av.Humberto de Alencar Castelo Branco, 2563) e nas lojas de Santo André localizadas na Av. Industrial, 2001; Rua Giovanni Battista Pirelli, 2050 e na Av. Pereira Barreto, 1286 - sendo que nesta última, a sopa fica disponibilizada na área da cafeteria.

 Outra novidade que está à disposição dos clientes, nas mesmas lojas, com exceção da Pereira Barreto, são três modelos de marmitex (comum, executivo e especial) com quatro opções de cardápio para cada dia da semana, incluindo sábado e domingo. Além de uma carne ou massa, cada um dos modelos de marmitex traz arroz, feijão, farofa ou legumes de acompanhamento.

O Congresso Nacional promulgou, nesta quinta (2), a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 107. Com isso, foram adiadas as eleições municipais de outubro para novembro, em razão da pandemia da Covid-19.

De acordo com o novo calendário, o 1º e 2º turnos serão, respectivamente, em 15 e 29 de novembro. A PEC foi aprovada ontem na Câmara e semana passada no Senado, em ambas as Casas com ampla maioria de apoio. Com a promulgação, o TSE atualizará o calendário das eleições. A maior parte dos prazos será adiada em 42 dias, seguindo o mesmo período do adiamento da data do primeiro turno.

Porém, a expectativa do TSE é de que a nova resolução (com os prazos eleitorais) só seja analisada em plenária, após o recesso, em agosto. A mudança não permite a prorrogação de mandatos. A posse dos novos prefeitos eleitos ou reeleitos continuará a ser em 1º de janeiro de 2021.

A Receita Federal recebeu 31.980.151 declarações do Imposto de Renda das Pessoas Físicas 2020 dentro do prazo de entrega que foi encerrado na terça (30). Esse ano, o contribuinte conta com uma novidade: quem caiu na malha fina poderá regularizar a situação pela internet, evitando deslocamentos físicos a unidades da Receita Federal em tempos do Covid-19.

O cidadão pode verificar se caiu na malha fina no Centro de Atendimento Virtual da Receita, no endereço eletrônico: cav.receita.fazenda.gov.br/. A ferramenta informa os problemas que deverão ser corrigidos por meio de uma declaração retificadora ou pelo envio de documentos pedidos. Os documentos para a regularização poderão ser enviados de forma virtual pelo mesmo endereço eletrônico.

“O contribuinte não precisa esperar receber nenhuma intimação da Receita Federal para tomar a iniciativa de corrigir esses pontos que geraram a retenção. O serviço de malha do Imposto de Renda da Pessoa Física pode, a partir desse ano, disponibilizar o envio dos documentos através do próprio portal da internet, sem a necessidade de comparecer presencialmente à Receita Federal”, disse o secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto.

O secretário explicou que o serviço de remessa virtual de documentos pode ser usado, por exemplo, para apresentar documentos solicitados em intimação da Receita e para antecipar a entrega de documentos necessários para a análise da declaração retida em malha.

Até terça (30) de junho, 1.015.918 milhão de pessoas já haviam caído na malha final. Os principais motivos foram a omissão de rendimentos e problemas de dedução.

Entrega da declaração com atraso

O contribuinte que perdeu o prazo de envio ainda pode entregar a declaração, mas vai pagar multa. O valor varia de R$ 165,74 a 20% do imposto devido. Assim que a declaração em atraso for transmitida, o contribuinte receberá a Notificação de Lançamento da multa. A multa deve ser paga em 30 dias. Após esse período, haverá incidência de juros.

O site da Receita Federal tem um passo a passo explicando como imprimir o documento para o pagamento da multa, por meio do programa da declaração. Acesse aqui

Aqueles que precisarem fazer alguma correção ou enviaram a declaração com informações incompletas podem fazer a retificação e enviar novamente o documento. Nesse caso, não há multa por atraso. O site da Receita também explica como fazer a retificação.

Antecipação da Restituição

Devido à pandemia do novo coronavírus, o pagamento dos lotes de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física foi antecipado. “Numa medida excepcional, considerando sobretudo o período que estamos vivendo com os reflexos dessa pandemia e a necessidade de propiciar renda à população”, disse José Barroso Tostes Neto.

Tradicionalmente paga em sete lotes, de junho a dezembro, a restituição está sendo creditada em cinco lotes, do fim de maio ao fim de setembro. O primeiro lote foi pago em 29 de maio, o segundo em 30 de junho e os próximos serão em 31 de julho, 31 de agosto e 30 de setembro.

Segundo o ministério da Economia, algumas categorias têm prioridade legal no recebimento da restituição: aqueles com 60 anos ou mais, sendo assegurada prioridade especial aos maiores de 80 anos; os portadores de deficiência física ou moléstia grave e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Também por conta da Covid-19, em 2020 os contribuintes tiveram mais tempo para entregar a declaração. O prazo para envio começou no dia 2 de março e terminaria no dia 30 de abril. Mas a Receita Federal prorrogou para 30 de julho.


Pagina 2 de 1009

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu