24 Sep 2018

Neste sábado (15) às 9h, o Colégio Singular, por meio da ESPA - Equipe Singulariana de Proteção aos Animais, realizará mais uma edição da Feira de Adoção Animal na sede da OAB Santo André (avenida Portugal, 233 – Centro).

A entrada é gratuita e quem desejar adotar um pet precisará apresentar documentos pessoais, comprovante de residências e preencher alguns critérios como ser maior de 18 anos e ter a concordância de toda a família. Na última edição do evento, 14 animais ganharam um novo lar.

Nesse dia, também serão fornecidas informações sobre guarda responsável e orientações jurídicas, por meio dos voluntários que atuam no evento, como é o caso do ex-aluno Danilo Santos de Oliveira, que participa desde 2013. Antes mesmo de ingressar na ESPA, Danilo já fazia um trabalho social, por meio de uma rede social, onde divulgava fotos de animais de rua, pedidos de doação de ração e outros recursos. Após conhecer o trabalho da ESPA, o estudante começou a participar das feiras, onde ganhou experiência e passou a treinar novos voluntários.

“A Feira de Adoção é para mim uma atividade essencial que me completa, pois acredito que a guarda responsável é de grande importância também para a saúde pública, já que por meio dela é possível diminui a disseminação das zoonoses”, relata.

Nesta sexta (14), às 21h, o musical “JK: Um Reencontro com o Brasil” estará em São Caetano do Sul com ingressos a R$ 2 mais 1kg de alimento não perecível. O espetáculo será encenado no Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840, Bairro Santa Maria). Os ingressos estarão disponíveis no local, a partir das 19h.

A história do Brasil do século XX é contada por meio da vida do ex-presidente Juscelino Kubitschek (1956-1961), do nascimento do político a momentos como a construção de Brasília, o plano de retornar ao poder em 1965 e o reflexo de sua trajetória pessoal e profissional nos dias de hoje, propondo reflexões sobre a política nacional atual.

AUDIOVISUAL- Criada e dirigida pela Fundação Brasil Meu Amor, o espetáculo une harmoniosamente o vocal de Glaucia Nasser ao teatro e às artes visuais. Além do vasto repertório musical, um telão ocupando todo o palco acompanha o musical. Enquanto a intérprete canta e narra a história de JK, imagens do Brasil vão sendo reproduzidas contextualizando a narrativa.

O musical tem a realização do diretor artístico e técnico Júlio Cesarini e do Maestro Paulinho Dáfilin. Além de Gláucia Nasser, oito músicos de diversas regiões do Brasil participam do espetáculo: Fernando Nunes (baixo), Pedro Cunha (teclados e acordeon), Chrys Galante e Leandrinho Vieira (percussão), Thiago Gomes (bateria), Guiza Ribeiro (guitarra e violões) e Jonas Moncaio (violoncelo).

A Fundação Brasil Meu Amor é uma entidade sem fins lucrativos, que tem por objetivo resgatar a história do Brasil. O evento é de total responsabilidade da produtora.

Para eliminar os impactos relacionados ao odor de chorume nas vizinhanças do Aterro Sanitário, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) iniciou a cobertura das duas lagoas que recebem o líquido percolado no local. O chorume é produzido a partir da decomposição dos resíduos orgânicos depositados no Aterro Sanitário.

As obras estão em estágio avançado, sendo que a lagoa maior já foi coberta pela manta flutuante. Os trabalhos na lagoa menor foram iniciados na semana passada e devem ser concluídos em meados de outubro.

A manta de cobertura dos equipamentos é de material PEAD de 1,5 milímetro, e flutua no líquido, adaptando-se ao nível de chorume existente em cada equipamento. A técnica de implantação de cobertura já está presente em mais de 20 aterros sanitários somente no Estado de São Paulo.

A expectativa da autarquia é mitigar os problemas ocasionados pelo odor do líquido percolado, especialmente em razão do aumento da vazão do chorume com a chegada da época de chuvas.

 O Semasa também continuará encaminhando o efluente para tratamento, conforme já ocorre, junto à empresa Attend Ambiental, em Caieiras/SP. Além disso, a autarquia mantém diálogo constante com uma comissão de moradores do bairro, no sentido de sempre verificar as reclamações e sugestões dos munícipes. Todas as medidas tomadas pelo Semasa para minimizar os impactos causados pelas atividades do espaço são acompanhadas por esta comissão.

O Aterro Sanitário de Santo André funciona desde 1986 e, antes disso, uma usina de compostagem operava nesse local desde 1982. Todo o terreno faz parte da Central de Tratamento de Resíduos de Santo André, que opera regularmente e dentro dos parâmetros estabelecidos pela Cetesb, órgão estadual responsável pela fiscalização desse tipo de empreendimento. O Aterro andreense, inclusive, é um dos mais bem avaliados do Estado, com nota 9,4.

Em sua 16ª edição e com 4.100 inscritos a Meia Maratona de São Bernardo acontece, neste domingo (16), a partir das 7h30, com largada na avenida Kennedy, 1155, em frente ao Ginásio Poliesportivo. A prova contará com três tipos de percurso: 5 Km (para corrida e caminhada), 10 Km (corrida) e 21 Km (corrida). A tradicional corrida de rua do Grande ABC passará pelas principais vias da cidade.

A prova reunirá alguns dos principais nomes da corrida de rua do Brasil e exterior. Entre os atletas da elite estão os quenianos Isaac Kimutai Kiplagat, que venceu a 8ª Meia Maratona do Rio de Janeiro e a Maratona Internacional de Kilimanjaro, e Emily Chepkemoi Arusio, vice-campeão da Meia Maratona do Rio de Janeiro, em agosto deste ano.

Os destaques brasileiros são Ronicesse Felix de Lima, campeão da 15ª Meia Maratona de São Bernardo e Robson Pereira de Lima campeão da Meia Maratona Internacional São Paulo City Asics. Na elite feminina, além de Maria Bernadete Cabral, campeã da Meia Maratona de Vitória 2018 e campeã da 14ª Meia Maratona de São Bernardo a prova contará com a presença da atleta Cristiane Alves da Silva campeã da Meia Maratona Internacional de Ponta de Leste, neste ano.

O número recorde de inscritos é uma prova de que São Bernardo tem trabalhado para oferecer aos participantes uma prova com excelência. De acordo com o secretário de Esporte e Lazer de São Bernardo, Alex Mognon, a cada edição cresce o número de participantes e a relevância da prova. “No ano passado tivemos 3.500 inscritos e neste ano chegamos a 4.100. Nós estamos realizando a maratona com o maior número de atletas com deficiência, são 103 atletas inscritos. Esses números demonstram que estamos no caminho certo estimulando a prática do esporte, colocando a cidade no cenário das grandes corridas do país e incentivando a inclusão social por meio do esporte”.

São Caetano terá 24 horas ininterruptas de atividades esportivas para a população. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (Selj), realiza a I Virada Esportiva, a partir das 10h de sábado (15) até as 10h de domingo (16), no Ginásio Milton Feijão, no Complexo Esportivo Lauro Gomes (Av. Walter Thomé, 64, no Bairro Olímpico). A entrada é franca.

Serão 24 horas ininterruptas, com cerca de 40 atividades esportivas com acompanhamento de 250 professores e instrutores da Selj. “Esta será a primeira de muitas Viradas Esportivas da cidade, o que me deixa muito orgulhoso de estar à frente da Secretaria”, ressalta o secretário municipal Beto Vidoski, que aproveita e faz um chamamento para os amantes do esporte: “Convido e conto com toda a comunidade esportiva de São Caetano para fazer parte de forma direta deste evento, que tende a integrar ainda mais a população”.

Atividades- Todas as atividades, com local exato e horário, estão disponíveis no site www.saocaetanodosul.sp.gov.br. As atividades são Mini Futebol, Badminton, Mini Vôlei, Mini Tênis, Baseball, Futmesa, Futsinuca, Mini Basquete, Futebol de Campo Adulto, Vivência de Boxe com rapper ao vivo, Crossfit, Revezamento de Natação Infantil, Torneio Xadrez 960, Partidas Rápidas de Xadrez, Desafie o Mestre, Xadrez Livre, Exame Bioimpedância, Tênis de Mesa Desafio de Atletas, Tênis de Mesa Livre, Teste de Pisada, Orientação Postural no Esporte, Street Curling, Oficinas de Vôlei, Trenó de Bobsled (vivência), Natação Paralímpica, Tchoukball, Crossminton, Padminton, Skate kids, Futebol de Campo Infantil, Pedal Kids, Voo Cativo de Balão, Clínica de Handebol, Corrida (Desafio de Quilometragem), Noite de Passinhos Disco’s Club, Pedal Adulto, Night Swimming - Volta ao Mundo Nadando, Clínica de Taekwondo, Clínica de Jiu-Jitsu, Clínica de Karate, Revezamento de Natação com a Equipe de São Caetano, Clínica de Judô, Clínica de Karate Kihons, Katas e Defesa Pessoal e Atividade para a Terceira Idade.

Na última semana, durante uma operação de corte de energia, a Eletropaulo, com apoio do 1º Distrito Policial de São Bernardo do Campo, flagrou três pessoas religando a energia do hotel Hotel PalmLeaf Grand Premium, no Jardim Chácara Inglesa, sem consentimento da companhia. O medidor também estava alterado, não permitindo a leitura à distância pela distribuidora. Com essas infrações, o hotel deve mais de R$ 110 mil à Eletropaulo.

O dono da empresa que efetuou a religação de energia assumiu o crime, assim como o proprietário do hotel. Ambos foram detidos e encaminhados à audiência de custódia. Além de ser crime, com pena prevista de um a oito anos de reclusão, o furto de energia afeta diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e põe em risco a população, principalmente as pessoas que manipulam a rede elétrica. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecarga na rede elétrica, ocasionando interrupção no fornecimento de energia.

Para conscientizar a população sobre o perigo do furto de energia, a Eletropaulo realiza, por exemplo, as Blitz de Segurança, que visam a conscientizar a população sobre os riscos com a rede elétrica.

Aumento das inspeções- A Eletropaulo está intensificando as ações de campo, a fim de identificar as fraudes. Neste ano, a empresa realizou 99 inspeções com o apoio das autoridades policiais, que culminaram em 123 prisões em flagrante. Considerando as últimas duas semanas, por exemplo, foram 18 prisões e 19 inquéritos policiais.

Para identificar instalações com erros de medição, seja por defeitos nos equipamentos ou por ações de terceiros forjando a medição, foram realizadas 204,9 mil inspeções e detectadas 53,8 mil irregularidades no primeiro semestre. Além das fiscalizações em campo, as equipes trabalham com o cruzamento de dados de consumo e inteligência analítica.

Na residência com irregularidades, pode haver desde queima de aparelhos eletrodomésticos até incêndios. As interferências não autorizadas na rede e nos equipamentos da Eletropaulo por pessoas sem o treino adequado ainda podem causar acidentes graves, às vezes fatais.


Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu