19 Nov 2018

O Ballet Aramaçan, do Clube Atlético Aramaçan, de Santo André, apresentará, neste sábado (10), às 16h e domingo (11), às 20h30, o novo espetáculo Peter Pan, no Teatro Municipal de Santo André. O evento conta com a coreografia de Camila Dias, João Vecker, Renata Nascimento e Silvia Sitta, que também assina a direção geral.

Os ingressos, no valor de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), poderão ser adquiridos nos dias da apresentação, com uma hora de antecedência, na bilheteria do Teatro Municipal (Praça IV Centenário - Centro).

Criada pelo escritor escocês J.M.Barrie e publicada pela primeira vez no início do Século XX, a obra conta a história de Peter Pan e a fada Sininho que levam seus amigos Wendy, João e Miguel para conhecerem o lugar em que moram, a Terra Nunca, onde o tempo não passa, e lá vivem uma série de aventuras.

No ano passado, o grupo, sob a direção de Silvia Sitta, foi contemplado com algumas premiações. No Festival de Dança Vida ao Corpo, as coreografias Potência (jazz) da coreógrafa Camila Dias ficou em primeiro lugar e Força na Peruca (jazz), do coreógrafo João Vecker, levou o prêmio especial do festival. Anteriormente, a coreografia Força na Peruca também ganhou o primeiro lugar na modalidade jazz avançado e João Vecker levou o prêmio de coreógrafo revelação durante o festival de dança New Fast, em Campos do Jordão. No mês de maio, a coreografia Absolem (jazz conjunto), da coreógrafa Camila Dias, foi premiada como segundo lugar no Prêmio Jorge Peña, realizado pelo Oca Festivais, em São Paulo.

A Prefeitura de Mauá entregou, na quinta (8), as  novas instalações e revitalizações nos dois primeiros andares do Hospital de Clínicas Dr. Radamés Nardini. No primeiro andar foram revitalizados e ampliados os ambientes do almoxarifado, farmácia, conforto médico e sala do Coreme (Comissão de Residência Médica), programa da Prefeitura vinculado às faculdades. Já no segundo piso, a recepção foi revitalizada e a capelania ecumênica (local de orações para fiéis de diversas religiões) será inaugurada.

O prefeito Atila Jacomussi salientou que as melhorias também passaram pela UTI: “Estamos inaugurando mais nove leitos em UTI e um leito no isolamento, distribuindo os pacientes de acordo com a necessidade e dando mais conforto para todos”, ressaltou.

A Prefeitura de Mauá faz este conjunto de novas ações junto ao Hospital Nardini e ainda possui licitações para o andamento de outras obras que melhorarão o espaço para o tratamento de pacientes.

Saúde revitalizada- Outras obras da área da Saúde também serão inauguradas como a UBS Jardim Itapark, com o Pronto Atendimento Infantil (PAI), a UPA Barão, também com o PAI e a Base do Samu 24h, além da reforma da UPA Zaíra.

O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) interditou, na quinta (8), a empresa J.C. Remoções, na rua Lauro Muller, 891, Vila Palmares, por operação sem licença ambiental. A empresa atuava com recebimento e transbordo de restos de material de construção, entre outros. A ação contou com o apoio da Guarda Civil Municipal, da Polícia Militar e do Departamento de Engenharia de Tráfego.

Em maio do ano passado, a fiscalização ambiental do Semasa já havia interditado o local em decorrência de várias autuações emitidas por operação sem a devida licença, mas a atividade pôde ser reaberta após a empresa ingressar na autarquia com a solicitação de licenciamento. Na ocasião, o responsável assinou o termo de compromisso ambiental, visando a regularização. O pedido de licenciamento foi analisado e indeferido por falta de uma série de documentos, entre eles o relatório de ações de controle por causa de suas fontes de poluição por ruído. A empresa usa na sua atividade retroescavadeiras e caminhões basculantes.

A empresa foi notificada do indeferimento e, na semana passada, após o prazo de 30 dias legais para recurso, a J.C. Remoções recebeu uma autuação (multa) de 5 mil FMPs (R$ 19.263,50). Mesmo assim, os administradores do local não se manifestaram e mantiveram a atividade irregular.

Na quinta (8), a empresa teve todos os seus acessos lacrados e agora só poderá voltar a atuar com a licença ambiental emitida pelo Semasa.

O juiz Carlos Alberto Loverra, da 1ª Vara Federal de São Bernardo, concedeu na tarde de quinta (8), tutela de urgência para que a Prefeitura de São Bernardo prossiga com as obras de construção de unidade de projeto social, denominado Fábrica de Cultura, no imóvel onde seria instalado o Museu do Trabalho e do Trabalhador, idealizado pela gestão do ex-prefeito Luiz Marinho (PT), em homenagem ao correligionário e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A liminar foi concedida após ação impetrada pela Procuradoria Geral do Município (PGM) em junho deste ano, contra o Ministério da Cultura, que vinha exigindo prestação de contas do convênio firmado junto à gestão passada, apesar da natureza questionável da documentação, além de todas as irregularidades que permearam o processo de construção do equipamento. Agora, a expectativa é que as obras sejam iniciadas após decisão do juiz no processo criminal, que segue em andamento na Justiça.

“Demos mais um passo importante para que possamos dar uma finalidade adequada e devida para esta obra, que, infelizmente, está manchada com a marca da corrupção. Nossa gestão está buscando uma solução e vai encontrar. Irei me reunir com o próximo governador, João Dória, que já tem compromisso de transformar aquele espaço em Fábrica de Cultura. Nossa meta é em 2019 ter esse equipamento funcionando e atendendo as crianças e jovens da nossa cidade”, destacou o prefeito Orlando Morando.

Em abril passado, a Prefeitura já havia assinado junto ao governo do Estado, então comandado por Geraldo Alckmin, um protocolo de intenções para transformar o prédio do Museu em Fábrica de Cultura. Na oportunidade, o governo estadual se comprometeu em auxiliar na adequação do imóvel, oferecendo subsídio técnico e contribuindo com a expertise dos profissionais da pasta de Cultura.

Escândalos – Alvo da Operação Hefesta, deflagrada pela Polícia Federal (PF), Ministério Público (MPF) e Controladoria-Geral da União (CGU), em 2016, o projeto de construção do Museu do Trabalho foi iniciado em São Bernardo no ano de 2012, com a promessa de conclusão em janeiro de 2013. Ao longo deste período, a obra milionária foi abandonada. Além disso, a Construções e Incorporações CEI, vencedora da licitação, envolveu-se em série de escândalos, como manter um eletricista desempregado em seu quadro societário.

A investigação sobre o empreendimento culminou na prisão temporária de dois ex-secretários de São Bernardo, por suspeita de práticas irregulares e crime de corrupção. Estima-se que cerca de R$ 7,9 milhões foram desviados do projeto. Em sua decisão, o magistrado relembrou concepção questionável do projeto do museu, citando “indícios de que agentes públicos teriam frustrado procedimento licitatório e facilitado o enriquecimento ilícito de terceiro”.

A Aliança Francesa do ABC (AFGABC), nesta sexta (9), às 20h, receberá o artista plástico argentino Felix Fassone para uma conferência e abertura da mostra de quadros e desenhos feitos durante sua viagem de barco pelo Canal du Midi, no sul da França.

A mostra contará com 40 desenhos feitos in loco por Felix durante a viagem, além de três óleos sobre tela pintados após o retorno ao Brasil. Os desenhos continuarão expostos na AFGABC até o fim de novembro.

Viagem- Na ocasião, Felix, sua esposa Rosângela Espinossi, que é aluna da AFGABC, e o casal de amigos Lucia Faria e José Ivo da Silva contarão a experiência de navegar por uma semana no Canal du Midi. O projeto da viagem nasceu há 20 anos mas só agora foi concretizado. O Canal du Midi foi construído pelo rei Louis XIV no século XVII para criar um caminho de transporte de mercadorias entre o Oceano Atlântico e o Mediterrâneo, evitando passar pela Península Ibérica. Hoje, o Canal é reservado à navegação turística.

Os dois casais viajaram por 120 km, passando por cidades medievais, como Carcassone, visitaram castelos, igrejas e a cidade de Castelnaudary, tida como berço do Cassoulet , prato típico do sudoeste francês. Nesse trajeto, passaram por 63 eclusas, descobriram curiosidades e vivenciaram um pouco da história da região.

Serviço

Exposição “Canal du Midi” – Felix Fassone

Conferência: A experiência de viajar uma semana de barco pelo Canal du Midi

Local: Aliança Francesa do ABC (Rua das Figueiras, 2658, Campestre, Santo André)

Data: sexta-feira (9) de novembro, às 20h

Entrada livre

Informações: 4436-9578 e 973110-9578.

O lucro líquido do Banco Votorantim no acumulado dos nove primeiros meses de 2018 cresceu 83% em relação ao mesmo período de 2017, atingindo R$ 779 milhões. O ROE (Retorno sobre Patrimônio Líquido), foi de 11,5% no acumulado dos primeiros nove meses desse ano, 4,8 pontos percentuais acima do registrado no mesmo período do ano passado.

"O lucro líquido do trimestre confirma o novo patamar de resultado do Banco Votorantim, reforçando nossa estratégia e foco na rentabilização dos negócios, aumento da eficiência operacional e diversificação das fontes de receitas. Seguimos com nossos investimentos na transformação digital e em novas tecnologias para melhorar a experiência de nossos clientes, atendendo e superando suas expectativas", diz o presidente do Banco Votorantim, Elcio Jorge dos Santos.

O total de receitas, que considera a somatória da margem bruta e receitas de serviços, tarifas e corretagem de seguros, cresceu 6,3% na comparação entre os nove primeiros meses de 2018 versus 2017. O volume de originação de financiamentos de veículos somou R$ 4,3 bilhões no 3T18, sendo 88% referente a veículos leves usados, reafirmando a liderança da BV nesse mercado.

As despesas líquidas com Provisão para Devedores Duvidosos (PDD) e impairments reduziram 34,3% na comparação do acumulado dos nove primeiros meses de 2018 com igual período de 2017, refletindo o menor custo do crédito dos negócios. O índice de inadimplência consolidado encerrou setembro em 4,2%, com alta de 0,2 ponto percentual no trimestre, reflexo de caso pontual do Atacado adequadamente provisionado. O Índice de Cobertura (acima de 90 dias) alcançou 174% ao final de setembro de 2018, ante 165% em setembro de 2017.

O aumento de 7% nas despesas de pessoal e administrativas nos nove primeiros meses de 2018, ante igual período de 2017, refletem o contínuo processo de transformação do Banco, que aumentou seus investimentos em marketing e serviços de tecnologia em 2018. Mesmo assim, o Índice de Eficiência melhorou nos últimos 12 meses, ficando em 33,2% em setembro de 2018 ante 35,1% em setembro de 2017.

Em setembro de 2018, o Índice de Basileia foi de 16,4% – acima do mínimo regulatório de 10,5%, sendo: 13,1% referente ao Capital Nível I, que consiste no somatório do Capital Principal (11,1%) e Capital Complementar (2,1%).

Alinhado com sua estratégia de diversificação de fontes de receitas, o Banco Votorantim avançou em novas parcerias no terceiro trimestre deste ano, trazendo acordo exclusivo para a BV, sua marca de varejo, que vai oferecer soluções de crédito através da Yalo, primeira plataforma de benefícios em procedimentos de saúde e serviços de bem-estar do mercado brasileiro.

Dentro do processo de transformação digital, o contínuo investimento no relacionamento com clientes resultou no reconhecimento pelo "PrêmioABT 2018", a mais importante premiação no setor de atendimento a clientes. O Banco venceu na categoria "Inovação em Processos", com o case Inteligência Artificial no Atendimento – área de Ciência de Dados, demonstrando como a análise de dados pode ser capaz de identificar desafios reais dos clientes para criar soluções que alavanquem sua satisfação.

Em setembro, foi lançado o novo site do Banco Votorantim, apresentando uma interface atualizada em plataforma que permite uma navegação mais prática e intuitiva, agregando em um só local informações e acesso às diversas áreas da instituição. O relatório completo está disponível no link www.bancovotorantim.com.br/ri


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu