22 Feb 2018

À convite da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, da Universidade de São Paulo (USP), a professora e vice-coordenadora da Comissão de Extensão (COMEX) e do departamento de Saúde da Coletividade da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), Silmara Conchão, ministrará, nesta quinta (15), às 10h30, palestra aos pais de novos alunos sobre a importância de um acolhimento saudável e humanizado aos calouros, com foco no combate à cultura dos trotes universitários. A ocasião marcará a matrícula dos novos estudantes, no campus universitário de Piracicaba, interior de São Paulo.

A palestra é baseada no livro escrito pela docente e outros dois professores, Marco Akerman e Roberta Cristina Boaretto, chamado “Bulindo com a universidade: um estudo sobre o trote na Medicina”. Lançada em 2012 com apoio dos alunos do curso de Medicina e do Centro de Estudos de Saúde Coletiva da FMABC, a obra busca discutir os motivos dos alunos se submeterem ao trote – muitas vezes abusivo e violento – na entrada e permanência na faculdade, assim como revela as práticas trotistas, seus efeitos, dinâmicas sociais e as experiências e desafios da instituição de ensino. O livro traz, inclusive, depoimentos de universitários submetidos a situações polêmicas e constrangedoras durante as recepções nos novos cursos.

“Aceitar este convite da USP significa a necessidade de fortalecer cada vez mais o intercâmbio entre as universidades para que troquemos experiências e possamos nos ajudar nesta cruzada. Vamos compartilhar nossa experiência e dialogar com pais e mães, sensibilizando-os quanto à responsabilidade que temos em cuidar desta cultura ainda naturalizada. Precisamos estar alertas, e juntos, para prevenir e coibir violações e injustiças que ocorrem na vida acadêmica”, explica Silmara Conchão.

DESTAQUE ACADÊMICO- Com mestrado em Sociologia pela Universidade de São Paulo (FFLCH/USP) e doutoranda em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina do ABC, Silmara Conchão é docente do Departamento de Saúde da Coletividade e vice-coordenadora de Extensão da FMABC (COMEX). De 2005 a 2008, coordenou dois programas da Secretaria Municipal de Saúde de Santo André, respondendo pelas áreas de Saúde da Juventude e Atenção à Violência e Abuso Sexual.

A Prefeitura de São Bernardo publicou edital de chamamento público para as organizações da sociedade civil que desejam atuar em parceria no programa “Mais Tempo de Escola”. A iniciativa visa a ampliação progressiva da jornada escolar de 7.820 alunos de 41 escolas do Ensino Fundamental e o desenvolvimento da educação integral como currículo único na educação em São Bernardo.

O programa Mais Tempo de Escola oferecerá atividades no contraturno escolar duas vezes por semana por meio da oferta de oficinas nos seguintes macrocampos: comunicação, uso de mídias e cultura digital, tecnologia e científica; cultura e artes; educação ambiental e direito sustentável; jogos e modalidades esportivas; iniciação científica; e língua estrangeira. Essas atividades estarão atreladas ao calendário escolar, inclusive no período de recesso e férias escolares.

Entre os requisitos solicitados às instituições para participar do chamamento estão: é preciso que seja organizações da sociedade civil, sem fins lucrativos, com sede ou comprovada representação em São Bernardo, com registro no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA). Também devem demonstrar capacidade técnica e operacional para o desenvolvimento das atividades previstas, bem como para cumprir as metas estabelecidas no Plano de Trabalho.

A proposta de intenção deve ser entregue entre os dias 15 de fevereiro a 16 de março de 2018, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na Secretaria de Educação. A Comissão de Seleção terá 30 dias para analisar as propostas. O programa será realizado até 30 de novembro.

 

A Fundação Santo André reduziu as mensalidades de 20% a 30% de sete cursos de graduação, tanto para os ingressantes em 2018, quanto para os alunos veteranos. Os cursos que tiveram descontos em suas mensalidades foram: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Relações Internacionais, os Cursos Superiores de Tecnologia, Direito e Química.

 

Os cursos com maiores descontos foram os de Direito, cujo aumento das mensalidades no final do ano passado chegou a R$1220, caiu para R$ 785, e de Química, cujo valor era de R$965, passa agora a custar R$ 621.

 

Os demais cursos tiveram um desconto que chegaram até a 20%, como o de Administração, que foi de R$906 para R$694,21; Ciências Contábeis, de R$755,21,  para R$694,81 e o curso de Relações Internacionais, de R$944,02, para R$ 694,81. Os Cursos Superiores de Tecnologia foram de R$ 755,23 para R$555,86.

 

Os estudantes que prestarem o Vestibular Agendado 2018 já podem usufruir dos novos valores. Mais informações sobre o processo seletivo, acesse o site: www.fsa.br.

A Ford anunciou o lançamento de uma nova versão do EcoSport 2019, a SE Direct 1.5 AT, destinada a comercialização através do canal de vendas diretas, que inclui frotistas e pessoas com deficiência, com preço de R$ 68.690.

O modelo completa o lançamento da linha 2019 do SUV, que acaba de apresentar também a versão Storm 4WD e agora conta com nove catálogos: SE Direct 1.5 automático; SE 1.5 manual e automático; FreeStyle 1.5 manual e automático; FreeStyle 1.5 Plus automático; Titanium 2.0 automático; e Storm 2.0 4WD automático.

O segmento de veículos para pessoas com deficiência tem registrado um expressivo crescimento de vendas nos últimos anos e o EcoSport é, tradicionalmente, um dos modelos mais desejados por esse público. Com a introdução da nova versão Direct, a linha 2019 do utilitário esportivo se enquadra nos requisitos para receber as isenções fiscais disponíveis para esses consumidores.

“Sabemos da expectativa com a chegada desse catálogo e estamos entregando um produto bastante competitivo, pelo mesmo preço do modelo anterior e com diferenciais de conteúdo em relação aos concorrentes”, diz Adriana Carradori, gerente de Produto da Ford.

Com 137 cv, o motor 1.5 do novo EcoSport é o mais moderno do segmento – eleito o Motor do Ano 2018 –, combinando desempenho e economia. Sua nova transmissão automática de seis velocidades com conversor de torque tem funcionamento suave e eficiente e conta com a opção de trocas por comandos no volante.

Além de controle eletrônico de estabilidade e assistente de partida em rampa, o EcoSport SE Direct vem com SYNC 3, a central multimídia mais avançada do mercado. Ela traz comandos de voz para telefone e áudio, Bluetooth, dupla entrada USB, controles de áudio no volante, sistema AppLink para acesso a aplicativos do celular e a Assistência de Emergência, que faz uma ligação automática ao SAMU em caso de acidente com acionamento dos airbags ou corte da bomba de combustível.

A partir desta sexta (9), quando intensifica a saída de quem vai viajar no Carnaval, os terminais rodoviários de São Paulo e algumas rodovias serão invadidos por "focas" que farão flash mobs ao som dos jingles carnavalescos da campanha de segurança rodoviária "Foca na Vida". Para a ação, dez dançarinos vestidos de foquinhas, mascote da campanha, foram especialmente coreografados para chamar atenção para atitudes simples, mas muitas vezes esquecidas no dia a dia, como colocar o cinto de segurança – mesmo no banco traseiro, não beber e dirigir e não usar celular ao volante. São ações da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) que integram o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.

Após os flash mobs, os passageiros dos terminais e usuários das rodovias serão convidados a vivenciar no mundo virtual essas situações de risco no trânsito com o Rodovírtua – óculos de realidade virtual. O equipamento coloca a pessoa como personagem dos filmes seja como o motorista que dirige embriagado, o que se distrai ao usar o celular ao volante e o que faz uma ultrapassagem perigosa. Há ainda um filme voltado para a conscientização do pedestre atravessar as vias com segurança.

A segurança viária também será abordada em blitzes educativas também será feita junto aos foliões de alguns blocos de Carnaval, com distribuição de máscaras de focas e leques com mensagens sobre segurança no trânsito, além de sorteios das focas de pelúcia da campanha. Tanto nas blitzes quanto nos flash mobs, haverá interação com o público que poderá ser fotografado em um frame temático de Carnaval com mensagens de educação no trânsito. As fotos serão disponibilizadas nas redes sociais da Artesp para incentivar que as pessoas compartilhem as informações de segurança. Abaixo, o cronograma de atividades na Grande São Paulo.

Flash Mob com as focas e Rodovírtua

Sexta-feira, dia 09/02

Máscaras da Campanha da Artesp

- Das 14h às 16h – Terminal Rodoviário do Tietê

- Das 17h às 19h – Terminal Rodoviário da Barra Funda

- Das 20h às 22h – Terminal Rodoviário do Jabaquara

Blitz Artesp – Blocos de Carnaval e postos de combustível

Sexta-feira, dia 09/02

14h – Bloco das Emílias e Viscondes

Rua General Jardim, 458 – Consolação

19h – Grande Desfile da Banda do Trem Elétrico!

Rua Augusta – Consolação

Sábado, dia 10/02

13h – Bloco Agrada Gregos

Obelisco aos Heróis de 1932 - Ibirapuera

Domingo, dia 11/02

11:00 – Bloco Domingo Ela Não Vai

Avenida 23 de Maio - Viaduto Santa Generosa

Segunda-feira, dia 12/02

10h às 12h – Posto no bairro da Saúde – Av. Doutor Ricardo Jafet, 3.274

15h – Bloco Lua Vai

Praça da República - República

Terça-feira, dia 13/02

10h às 12h – Posto no bairro da Saúde – Av. Doutor Ricardo Jafet, 3.274

12h – Bloco Que Casar Que Nada

Av. Brigadeiro Faria Lima, 64 – Pinheiros

Quarta-feira, dia 14/02

10h às 12h – Posto em Cajamar – Rod. dos Bandeirantes, km 38,5 (Jordanésia)

Quinta-feira, dia 15/02

10h às 12h – Posto no Planalto Paulista – Av. dos Bandeirantes, 3.245

17h – Bloco Calor da Rua no Traço da União

Rua Claudio Soares, 73 - Pinheiros

A Taxa de Lixo continua sendo assunto em São Caetano. Na terça (6), houve nova manifestação em frente à Câmara dos Vereadores da cidade contra a cobrança. Diversos moradores estão se sentindo lesados com a cobrança indevida em imóveis vazios que não produzem lixo, ou pelo cálculo considerando o tamanho do terreno em vez da casa. O vereador Moacir Rubira (PRB) afirma que há projetos para que os valores sejam revistos.

O aumento do valor da Taxa do Lixo chegou a 272% em alguns casos. Além do encarecimento, alguns munícipes estão se sentindo prejudicados pela cobrança, como é o caso de um imóvel comercial vazio para venda ou locação. O valor cobrado em 2017 referente à Taxa de Lixo juntamente com o IPTU foi de R$ 7.933,64, neste imóvel. Já neste ano, com o novo cálculo e com a cobrança feita na conta de água, subiu para R$ 14.518,56, um aumento de 83%.

O vereador Moacir Rubira (PRB) argumenta que houve falha na comunicação. “Essa cobrança já acontece no IPTU desde 1977, creio que faltou mais divulgação para explicar a mudança no local de cobrança”. Ele completa que a inadimplência no IPTU dificultava o fechamento das contas. “Cerca de 20 mil imóveis não pagam IPTU na cidade, e acabavam fazendo acordo, prejudicando as contas do município e outros moradores que pagam os impostos em dia. Lembrando que São Caetano não tem aterro, então temos que mandar para municípios vizinhos, o que gera mais gastos”.

Rubira relata que o Legislativo, juntamente com o prefeito José Auricchio Jr, já pensa em alterar algumas questões, por exemplo, realizar o cálculo pelo tamanho da casa, e não do terreno. “Quem se sentir prejudicado pela cobrança, no caso dos imóveis vazios que não produzem lixo, podem entrar em contato com o SAESA e fazer um requerimento para, eventualmente, não haver cobrança da taxa”.

A Câmara Municipal ainda afirmou, em nota, que reconhece as manifestações realizadas de maneira organizada e democrática. Ainda explica que não se recusa a dialogar com qualquer entidade que venha ao plenário do Legislativo manifestar seu posicionamento frente a uma questão de interesse público, organizada a partir de uma comissão para permitir que o entendimento possa ser obtido de uma forma mais rápida e eficaz.


Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu