16 Jul 2020

O canal do Theatro Municipal de São Paulo no YouTube exibe, nesta sexta (17), a ópera O Cavaleiro da Rosa, do compositor alemão Richard Strauss com libreto de Hugo von Hofmannsthal. A transmissão começa às 20h e o conteúdo ficará disponível por um mês para o público ver e rever quando quiser, de graça e sem necessidade de cadastro. O público ainda pode baixar um livro com informações da ópera. A gravação foi feita pela TV Cultura, emissora parceira do Theatro Municipal, e conta com legenda em português. O espetáculo tem 4 horas de duração e agora pode ser apreciado no conforto de casa.

Uma história de amor entre encontros e desencontros com tom de comédia. Encenada em junho de 2018 no palco do Theatro Municipal, a montagem traz a Orquestra Sinfônica Municipal, o Coral Paulistano, sob a batuta da maestrina Naomi Munakata (1955-2020), regente titular à época, e destacados solistas, incluindo internacionais. A direção musical e regência é do maestro Roberto Minczuk e a direção cênica do argentino Pablo Maritano. Os cenários de Italo Grassi, figurinos de Fábio Namatame e a iluminação de Caetano Vilela.

Dividida em três atos, a história se passa na Viena da Belle Époque, no início do século 20. Marechala Marie Therese von Werdenberg é uma mulher madura e aqui interpretada pela soprano argentina Carla Filipcic Holm, tem como amante o jovem inexperiente Octavian, de 17 anos - um papel travestido, escrito por Strauss para ser interpretado por cantoras - a cargo da mezzo soprano Luisa Francesconi. O alemão Dirk Aleschus (baixo) é o Barão Ochs, primo de Marechala, e este ama Sophie, uma dama representada pela soprano russa Elena Gorshunova.

Quando o Barão Ochs, nobre das províncias que se encontra em dificuldade econômica, visita a prima Marechala para contar-lhe sobre sua proposta de noivado à Sophie, filha única do rico burguês Faninal, não imagina que está interrompendo um momento íntimo dela com Octavian. Para escapar da situação constrangedora, o rapaz veste-se com roupas femininas. Ao ser apresentado como a nova dama de companhia da Marechala, desperta no Barão um interesse amoroso. Octavian é encarregado de levar uma rosa de prata para a pretendente do Barão. O jovem e a noiva se apaixonam. Entre encontros e desencontros, esta ópera, com tom de comédia, evidencia um dos maiores interesses de Strauss: a psicologia feminina.

Completam o elenco Rafael Thomas (Faninal), Paulo Queiroz (Valzacchi), Magda Painno (Annina), Fernando Portari (Um Cantor), Elisabete Almeida (Marianne), Matheus França (Comissário de Polícia), Miguel Geraldi (Mordomo da Marechala), Miguel Geraldi (Mordomo de Faninal), Márcio Marangon (Notário) e Renato Tenreiro (Estalajadeiro). E não para por aí, com Gabriella Rossi (Órfã 1), Laiana Oliveira (Órfã 2), Elaine Martorano (Órfã 3), Débora Faustino (Modista), Renato Tenreiro (Domador de Animais), Alexandre Bialecki, Diógenes Gomes, Felipe Bertol e Vitor Mascarenhas (Lacaios da Marechala), Alexandre Bialecki, Diógenes Gomes, Andrey Mira e Vitor Mascarenhas (Garçons) e, por fim, o cantor Washington Lins (Leopold).

No YouTube do Theatro Municipal também é possível assistir a íntegra das óperas O Barbeiro de Sevilha, A Viúva Alegre e Rigoletto, e o espetáculo A Biblioteca de Babel com o Balé da Cidade de São Paulo, além de outros conteúdos.

Na quarta (15), completou um mês do início da reabertura econômica no ABC. Com isso, os sete municípios, ao todo, mais do que dobraram o número de casos. Todas as cidades também registraram aumento dos óbitos.

No dia 15 de junho, os sete municípios contabilizavam, ao todo, 14.995 casos confirmados e 884 óbitos. Um mês depois, no dia 15 de julho, a região já chegou a marca dos 32.348 casos e 1.454 mortes, segundo dados do Governo do Estado. Foram 17,3 mil casos e 570 mortes a mais, ou seja, uma média de 576 novos casos e 19 mortes por dia.

Em São Bernardo, município do ABC que registra maior número de casos e mortes, em um mês, os casos quase triplicaram, de 4.652 para 12.767; os óbitos passaram de 286 para 512; em Santo André, os números de casos já dobraram, passando de 3.971 confirmados, para 9.191 e de 209 óbitos para 329.

São Caetano também já dobrou o número de casos, de 1.091 casos confirmados para 2.231 e de 69 óbitos para 105. Já Diadema passou dos 2.027 casos para 4.399 e de 172 óbitos para 276; Mauá passou de 1.656 casos confirmados para 2.826 e de 114 óbitos para 174. Ribeirão Pires, de 320 casos para 633 e óbitos de 24 para 44; Rio Grande da Serra, de 125 para 301 casos e de 10 óbitos para 14.

 

15 de JUNHO

Diadema, 2.027 casos confirmados com 172 óbitos;

Mauá, 1.656 casos confirmados com 114 óbitos;

Ribeirão Pires, 320 casos confirmados, com 24 óbitos;

Rio Grande da Serra, 125 casos confirmados com  10 óbitos;

Santo André, 3.971 casos confirmados, 209 óbitos;

São Bernardo 4.652 casos confirmados; com 286 óbitos;

São Caetano, 1.091 casos confirmados com 69 óbitos.

 

15 de JULHO

Diadema, 4.399 casos confirmados com 276 óbitos;

Mauá, 2.826 casos confirmados com 174 óbitos;

Ribeirão Pires, 633 casos confirmados, com 44 óbitos;

Rio Grande da Serra, 301 casos confirmados com 14 óbitos;

Santo André, 9.191 casos confirmados, 329 óbitos;

São Bernardo, 12.767 casos confirmados; com 512 óbitos;

São Caetano, 2.231 casos confirmados com 105 óbitos.

A Prefeitura de Santo André lançou, na quarta (15), o Sihab (Sistema Integrado de Habitação). Trata-se de uma plataforma eficaz de gestão, que pode ser acessada pelo endereço santoandre.sp.sihab.com.br.

Por meio de parceria colaborativa com a startup Startinn, premiada durante o programa Pitch Gov de 2019, a tecnologia não traz custos ao município. “Avançamos mais um importante passo na ampliação e modernização da produção habitacional na cidade. Este site configura uma importante ferramenta de gestão habitacional, trazendo transparência, segurança e proximidade com a população que mais precisa”, destacou o prefeito Paulo Serra.

Na ferramenta, que pode ser acessada de qualquer computador ou smartphone com sistemas iOS ou Android, o munícipe encontrará informações sobre cadastro no programa habitacional do município, recurso para enviar sua documentação online com segurança, esclarecimento de dúvidas por meio de chat ou em perguntas frequentes, além de recebimento de comunicados via SMS, email, WhatsApp e ligação gravada.

“Este é um problema histórico de Santo André que estamos solucionando com transparência, moradia de qualidade, a partir da produção habitacional modernizada, além de proporcionar dignidade e qualidade de vida para essas famílias. Mesmo sabendo que ainda há muitos desafios pela frente, estamos no caminho certo. Afinal, já são mais de mil unidades habitacionais entregues para a nossa gente com padrão de excelência, cerca de 2.000 em construção e mais de 8.200 que serão executadas nos próximos anos”, completou o prefeito.

A plataforma permite verificar empreendimentos disponíveis no município nas diferentes faixas de renda, selecionar o empreendimento desejado, fazer contato com a construtora e incorporadora e acompanhar a evolução dos empreendimentos durante a construção.

O usuário tem a opção de gerenciar seu cadastro no “Painel do Cidadão”, poderá entender melhor os programas do município e como são viabilizados os empreendimentos, além de encontrar informações sobre a Lei de Habitação de Interesse Social e demais legislações e decretos municipais, estaduais e federais.

O munícipe poderá ainda acompanhar, em paralelo ao canal de transparência para o munícipe, todas as publicações da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária de Santo André, além de ter acesso a informações sobre as mais de 6.000 matrículas de regularização fundiária entregues desde 2017 na cidade.

“São informações para aproximar a Prefeitura do cidadão. Montamos uma área institucional no site para que os andreenses conheçam e recorram à estrutura da pasta, incluindo todas as nossas gerências e tudo que a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária oferece ao município”, pontuou o secretário de Habitação e Regularização Fundiária de Santo André, Paulo Alves.

Outra novidade do site é a gestão das construtoras e incorporadoras. No momento em que o empreendedor recebe o seu alvará de construção, também recebe um login e senha para fazer a gestão de atendimento das famílias por meio do Sihab. Uma das premissas é que as empresas construtoras que venham a empreender no município tenham incentivos e isenções para atender este público e que também atendam à demanda cadastrada da cidade.

As empresas também vão poder divulgar o seu empreendimento de interesse social na página, além de convidar os munícipes a navegarem virtualmente em seus empreendimentos. O usuário poderá escolher o empreendimento e enviar todos os seus documentos de análise pelo site, evitando assim aglomerações e eventos presenciais.

“Essa inovadora ferramenta irá contribuir em avançar com maior velocidade na área de construção, oferecendo segurança e dignidade para a população”, concluiu Alves.

A Prefeitura de São Bernardo entregou oficialmente, na quarta (15), a nova sede da Delegacia de Investigação de Infrações e Crimes contra o Meio Ambiente (Dicma), na Avenida Redenção, 271, Centro. A nova sede passa a reforçar o complexo de segurança do Centro de Operações Integradas (COI), que já abriga o 6° Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), a primeira Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) e a Delegacia de Polícia de Proteção ao Idoso (DPPI).

A transferência da delegacia especializada – que antes atendia no bairro Nova Petrópolis –, para próprio municipal vai poupar cerca de R$ 3,3 mil por mês aos cofres municipais, o que representa economia de aproximadamente R$ 40 mil ao ano com pagamento de aluguel. Além disso, os 12 agentes que atuam na delegacia também passam a contar com estrutura mais moderna e adequada ao trabalho de investigação de crimes contra o meio ambiente e aos animais.

O local conta com quatro cartórios, duas salas de investigação, cozinha, área de serviço, banheiros, sala para o delegado titular, recepção, sala de espera e um depósito, além de frota com cinco viaturas. A especializada existe desde 1993 e atende toda a cidade.

“Trata-se de um programa de governo que visa dar melhores condições de trabalho aos agentes de segurança da nossa cidade e, por conseqüência, melhorar os índices criminais. Nossa cidade tem uma área considerável de proteção ambiental e temos responsabilidade de cuidar dos nossos mananciais. Paralelamente, também estamos trazendo uma economia significativa para o município, deixando de pagar aluguéis e ocupando de forma racional os prédios municipais, antes subutilizados”, explicou o prefeito Orlando Morando.

Também participaram da cerimônia de entrega o delegado seccional de São Bernardo, Ronaldo Tossunian, o delegado do Dicma, Ettore Capalbo Sobrinho, além dos secretários Aparecido Chaves de Sousa (Segurança Urbana), José Carlos Gobbis Pagliuca (Meio Ambiente e Proteção Animal) e Luciano Eber (Obras e Planejamento Estratégico).

“O prefeito nos reuniu com as secretarias de Meio Ambiente e da Segurança Urbana, colocando tudo o que tinha disponível para que melhorássemos a eficiência do nosso trabalho e este é o resultado. Quem ganha com isso é a população de São Bernardo”, completou o delegado Ettore Capalbo Sobrinho. O atendimento da delegacia é feito de segunda à sexta-feira, das 9h às 19h, presencialmente e pelo telefone (11) 4330-6007.

Com grande tradição no vôlei feminino, campeã da Liga Feminina na temporada 1991/92, com a ponta Ana Moser, a Associação Atlética São Caetano aceitou convite da CBV (Confederação Brasileira de Vôlei) para participar da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/2021.

O time tem tradição de formar jogadoras para as seleções e os outros clubes e procura novo patrocinador. “São Caetano disputará a Superliga Banco do Brasil entre as 12 melhores equipes do país, a partir de novembro de 2020. São 25 anos de Superliga, sai patrocinador, entra parceiro, mas sempre com o apoio da Prefeitura de São Caetano estivemos no vôlei. Mas mesmo na Liga B íamos continuar. Estamos vivos”, confirmou Marina Miotto, supervisora da equipe. Com a confirmação, São Caetano ganha força para buscar um patrocinador após a saída do São Cristóvão Saúde, que foi parceiro por sete anos consecutivos.

A Associação tem feito contatos com agências e empresas para que São Caetano possa montar um time competitivo, apesar das dificuldades adicionais por causa da pandemia da Covid-19. A presença na Superliga abre possibilidades mais promissoras de novo patrocínio. O time também conta com um bom ginásio para jogar (o Milton Feijão, no Complexo Esportivo Lauro Gomes) e tem torcida em todas as suas partidas.

“Disputando a Superliga, a equipe tem mais exposição. Fácil nunca é, mas aumenta a chance de conseguir o patrocínio que precisamos. Tem televisão (nesta última edição, o campeonato foi mostrado pelo SporTV, TV Cultura e TVN Sports) e isso ajuda bastante. Os outros clubes, todos, reconhecem e falam da importância do nosso trabalho no cenário nacional, todo mundo dá os parabéns. Então, o que temos é de conseguir um patrocinador para sermos mais competitivos na Superliga”, explicou o treinador Fernando Gomes.

A Coop - Cooperativa de Consumo foi a grande vencedora do XXI Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente, no segmento Varejo - Super, Hipermercados, Atacarejos e Cash&Carry.

Realizado pela revista Consumidor Moderno, em parceria com o Centro de Inteligência Padrão (CIP) e com a OnYou – uma das mais conceituadas empresas em auditoria de qualidade do País, o Prêmio é referendado como o autêntico “Oscar” brasileiro para a excelência corporativa na gestão de clientes e consumidores.

Para chegar ao resultado, o Prêmio passa por um abrangente e meticuloso processo, compreendendo meses de estudo e análise de todo o ecossistema integrado pelas empresas para proporcionar o melhor atendimento e prestação de serviços aos seus clientes. Por meio de uma metodologia proprietária, são avaliados também, na etapa final, os principais canais de contato e relacionamento de cada empresa com os seus consumidores, bem como o desempenho de segmentos do mercado.

“Este prêmio é a coroação de um vasto e meticuloso trabalho realizado por uma equipe comprometida, que sabe da importância de tratar com excelência os seus clientes. A Coop não vende apenas produtos e, sim, serviços e comprova o quanto nossos colaboradores têm excelência em atender”, declara a gerente de marketing, Susana Souza (foto), destacando que a Coop já foi contemplada com este prêmio nas edições de 2012 e 2014.

A Coop possui uma área de CRM, cuja Central de Relacionamento é um dos seus braços, integrando todos os canais de atendimento, telefone (0800), chat, redes sociais, e-mail, atendimento pessoal e, até aplicação de pesquisas.

Por conta pandemia, a cerimônia de reconhecimento do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente 2020 teve um formato inédito e 100% digital, realizado, na terça (14), em uma live especial.


Pagina 1 de 1016

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu