21 Aug 2018

A Prefeitura de São Bernardo preparou uma programação cultural para a celebração dos 465 de São Bernardo. São 120 eventos, sendo 60 culturais e gratuitos para todos os gostos e todas as idades. Há exposições, apresentações teatrais, musicais, shows de humor, entre outras atrações. Confira alguns destaques da programação para o final de semana.

Confira as demais ações culturais no calendário de festejos: http://www.saobernardo.sp.gov.br/web/sbc/programacao1

Sábado (18)

das 8h às 17h- Dia D da Campanha de Vacinação contra o Sarampo e Poliomielite

Em todas as UBSs

das 9h30 às 15h30

Vacinação de Cães e Gatos

UPA União Alvarenga

das 10h às 15h- Giro SBC

Rua Sebastião Borges de Oliveira com a Rua Washington Luiz – DER

das 10h às 16h- Clínica de Inclusão para Decientes

Parque da Juventude Cittá Di Maróstica

das 14h às 17h- Cultura Tour

Área Verde

às 20h- Jantar de Aniversário SBC

Pavilhão Vera Cruz

Domingo (19)

das 9h às 12h- Cultura Tour

Av. Redenção, 271, Centro

às 9h- Gincana Poliesportiva da União das Associações Nipo-Brasileiras de SBC

Estádio José Nogueira dos Santos

às 10h30

Jogo Beneficiente de Futebol de Campo Master (Corinthians X Palmeiras)

Estádio 1º de Maio

às 12h- 3ª Virada Cultural

Serão 24 horas de atividades culturais em diversos espaços. Con­ra a programação completa no Guia da Cidade online

às 8h30- Desfile Cívico Militar

Rua Marechal Deodoro

Início na Praça Lauro Gomes

A recuperação lenta e pouco convincente da economia brasileira mexeu mais uma vez com o humor do empresariado e levou para baixo o ICEI (Indicador de Confiança da Indústria) no ABC. O ICEI da região, que reúne sete cidades, voltou para 52 pontos em julho deste ano, semelhante aos 52,9 de julho de 2017, depois de ter saltado para 65,6 em janeiro.

A escala vai de 0 a 100 pontos. Entre 50 e 100 a avaliação oscila entre cenários otimistas, nível 50 indica indiferença-neutralidade e abaixo disso as reações demonstram pessimismo, conforme levantamento da CNI-Fiesp (Confederação Nacional da Indústria-Federação das Indústrias de São Paulo). O recorte do ABC é realizado pela Universidade Metodista de São Paulo por meio do Boletim IndústriABC a cada trimestre. Esta é a 9ª edição.

Expectativas baixam- Apesar de alguns indicadores positivos, o sentimento geral do setor no ABC é de frustração com a economia e de expectativa com a eleição presidencial de outubro próximo. Puxaram o ICEI para baixo o item “Expectativas da Economia Brasileira” (54,4 pontos em julho contra 67,5 pontos em janeiro deste ano) e o item “Condições da Economia” (38,2 em julho e 65 em janeiro).

“Um fator que justifica essas mudanças entre o início e o fim do 1º semestre foi a queda na estimativa tanto de ampliar a produção quanto de crescimento da economia em 2018. Em torno disso se depositava confiança na retomada mais rápida da atividade econômica”, afirma professor Sandro Maskio, coordenador de estudos do Observatório Econômico da Metodista.

A estimativa de evolução da produção caiu de 53,6 em julho de 2017 para 45,6 em julho de 2018 e isso é significativo no ABC porque a indústria tem peso importante (de 23%) no PIB local. De qualquer forma, os números do ABC são melhores do que os de São Paulo e do Brasil. Para 52 pontos de confiança na região, o ICEI paulista ficou em 48,3 e o brasileiro em 50,2 em julho. Acompanham estimativa do Relatório Focus do Banco Central, que no 1º trimestre previa crescimento de 3,9% na produção industrial em 2018 e, quatro meses depois, reviu para 2,85%.

Investimentos dão fôlego- Puxada pelo ramo automobilístico, a indústria do ABC tem mostrado fôlego devido aos aportes para lançamentos de novos veículos, confirmados em 2017. No item “Intenção de Investimento”, o ABC saiu de 45,2 pontos ao final do 1º semestre de 2017 para 55,9 em julho deste ano.  Em São Paulo e no Brasil esse indicador está estabilizado em 50.

Também chama atenção a ligeira intenção de “Evolução do Emprego” no ABC, de 53,9 para 54,7, o que não neutraliza o alto índice de desocupação na região de 17% da PEA (População Economicamente Ativa) apurado pela Fundação SEADE.

O uso da capacidade instalada subiu de 63% para 67% no ABC (para média de 65% em São Paulo e no Brasil), indicando que ainda há ociosidade em um-terço da produção. “O cenário aponta a necessidade de os candidatos à Presidência do Brasil apresentarem proposta consistente de política econômica, incluindo ações de política industrial para fortalecer a atividade, com diretrizes claras e instrumentos robustos”, afirma o economista Sandro Maskio. Acompanhe a íntegra do 9º IndustriABC em http://portal.metodista.br/observatorio-economico/industriabc

Alunos da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC) organizam, neste sábado (18), a 15ª edição da Feira de Saúde – evento que orienta e promove atendimentos gratuitos à população, com exames, consultas e palestras educativas. A ação em parceria com a Prefeitura de Santo André tem apoio da Comissão de Extensão da FMABC (COMEX) e ocorrerá das 9h às 16h, na Unidade de Saúde Vila Guiomar (Rua das Silveiras, 73, Vila Guiomar, em Santo André).

Entre os serviços disponíveis estarão exame de Papanicolau, aferição de pressão arterial, tipagem sanguínea e teste de diabetes (glicemia capilar), além de atendimentos básicos, orientações em saúde e vacinação contra a poliomielite e contra o sarampo. O mutirão de saúde contará ainda com palestras e oficinas temáticas sobre prevenção contra o câncer de pele, conscientização sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), prevenção de acidentes domésticos com idosos, conscientização sobre doenças pulmonares, e técnicas de primeiros socorros.

MOBILIZAÇÃO ACADÊMICA- A Feira de Saúde tem por objetivo a promoção da saúde e a prevenção de doenças. Os atendimentos são realizados por alunos dos diversos cursos da FMABC, que estarão acompanhados por professores responsáveis. São esperadas cerca de 1.500 pessoas ao longo do dia e a participação de centenas de voluntários entre estudantes, docentes e funcionários da unidade de saúde, que ajudarão na realização do evento.

Organizada pelo Diretório Acadêmico Nylceo Marques de Castro, do curso de Medicina, a Feira de Saúde conta com participação de ligas acadêmicas que atuam nas mais diversas modalidades assistenciais. Além da Medicina, também participam as graduações em Nutrição, Enfermagem, Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Farmácia, Tecnologia em Radiologia e Gestão em Saúde Ambiental.

As ligas são compostas por estudantes da faculdade e por professores orientadores, que coordenam e auxiliam em atividades como cursos, atendimentos ambulatoriais, trabalhos científicos e palestras. Cada liga atuará em sua área – algumas de forma integrada – para atendimento voluntário e exames diagnósticos e de prevenção das doenças mais prevalentes, com abrangência a todas as faixas etárias.

A 26º Festa Italiana de São Caetano entra em seu terceiro fim de semana e o momento auge da festa acontece, no sábado (18), com a apresentação da Camerata Darcos e da Orquestra Sinfônica Jovem da Fundação as Artes. O tradicional evento estará aberto ao público nos próximos sábado e domingo (18 e 19), a partir das 18h, na Praça Ermelino Matarazzo, bairro Fundação.

A Camerata Darcos conduzirá o público pel’As Quatro Estações, de Antonio Vivaldi, com a participação do spalla (primeiro-violino) Paulo Paschoal e de músicos da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp). Pratas-da-casa, o tenor Marcelo Vanucci e a soprano Maria Cecília de Oliveira interpretarão clássicos como O Sole Mio e Dio, Come Ti Amo.

Em seguida, a Orquestra Jovem da Fundação das Artes fará um passeio sonoro pelos grandes nomes da música clássica italiana: Antonio Vivaldi, Giuseppe Verdi, Giacomo Puccini e Vittorio Monti. O encerramento será com a peça Czardas (dança folclórica tradicional). Sob o comando do maetro italaliano Geraldo Olivieri, a orquestra é composta por 70 músicos, dentre alunos, professores e convidados.

CULINÁRIA- Itens da gastronomia regional, como lasanha à bolonhesa, antepasto de berinjela, lanche de calabresa e fogazza serão preparados por voluntários de 27 entidades assistenciais credenciadas e aprovadas em chamamento público. Doces de encher os olhos não ficam de fora: tem a famosa palha italiana, tiramissu e cannoli, entre outras delícias.

A renda obtida com a venda dos pratos típicos será totalmente revertida para essas instituições sociais. Todas as barracas possuem cardápios à disposição do público com a relação completa de pratos e preços. A festividade segue até o fim do mês, no dia 26/08, sempre aos sábados e domingos.

ATRAÇÕES- Entre as atrações musicais e artísticas deste terceiro final de semana, se apresentam no sábado Élcio Júlio & Ballet Folclórico. Fred Rovella sobe ao palco em dois momentos: primeiro com o Maestro Tico e o Ballet Tarantela, em seguida, com amigos. Às 20h30, entram em cena a Camerata Darcos e a Orquestra Sinfônica Jovem da Fundação das Artes. O show da cantora Zizi Possi, prevista para se apresentar como convidada especial da Orquestra Jovem foi cancelado. No domingo, o ritmo será ditado por Mario Pastori e pelas Banda Viva Itália, Banda Via Roma, Banda Bella Italia & Fred Rovella. A noite também terá a performance do Ballet Folclórico e do Ballet Tarantella. Nos dois dias, as intervenções de solo ficam por conta da Mamma Bracciolla e Família Porpeta, e dos Pizzaiolos.

O Corredor Metropolitano São Mateus-Jabaquara, operado pela Metra, acaba de receber 86,7% de aprovação (excelente e bom) no Índice de Qualidade da Satisfação do Cliente – IQC, que integra o Índice de Qualidade do Transporte – IQT. Este é o quarto ano seguido que a empresa alcança melhor avaliação na pesquisa da EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, realizada em julho deste ano. Algumas linhas alcançaram 94,1% de aprovação (excelente e bom) dos passageiros.

De acordo com a diretora da Metra Transportes, Maria Beatriz Setti Braga, o resultado demonstra que é possível oferecer à população brasileira transporte coletivo urbano de elevado padrão de qualidade, com conforto, segurança, pontualidade e veículos modernos e acessíveis. “Além da frota moderna, considerada como frota verde pela utilização de veículos com combustíveis de fontes renováveis, investimos muito na formação e qualificação dos profissionais e na preservação ambiental”, destaca.

“Para a Metra, o mais importante é alcançar, a cada ano, um nível mais elevado de satisfação do cliente”, reforça Maria Beatriz. Segundo a empresária, a empresa possui um programa constante de renovação de frota e é reconhecida por ter frota verde de ônibus, formada predominantemente por trólebus, que não emitem nenhum poluente no meio ambiente, e veículos híbridos. A empresa também é pioneira na adoção de tecnologias sustentáveis.

Veículos modernos e totalmente acessíveis, sistema de ar-condicionado, entradas USB para recarga de equipamentos, Wi-Fi e o corredor exclusivo, monitorado 24 horas por dia e totalmente administrado pela Metra são alguns dos diferenciais, que resultaram nas notas elevadas.

Sobre o IQC- O IQC - Índice de Qualidade do Cliente - contempla aspectos como a frota circulante dos ônibus/trólebus, características e estado dos veículos em geral, informações sobre a linha de ônibus e atendimento das reclamações; operação, referente à lotação, número de ônibus na linha e tempo de espera; tripulação, que analisa a conduta de motoristas e cobradores e “Outros”, que estabelece nota geral para a linha.

Diferenciais da Metra- Frota com veículos modernos e ecológicos (movidos a diesel e a diferentes combustíveis alternativos), preservação e manutenção das vias de trajeto, profissionais com formação e treinamento diferenciados, pontualidade, condução suave, segurança e conforto, além de Wi-Fi a bordo, saídas USB para recarga de dispositivos móveis e a predominância de veículos com sistema de ar-condicionado, foram alguns dos atributos mais reconhecidos pelos clientes.

O clássico entre Palmeiras e Corinthians máster será uma das grandes atrações do calendário de festejos dos 465 anos de São Bernardo. A partida, que reunirá grandes nomes do futebol brasileiro, ocorre neste domingo (19), às 10h30, no Estádio Primeiro de Maio (Rua Olavo Bilac, 240, Vila Euclides). A entrada é um quilo de alimento não-perecível a ser doado para o Fundo Social de Solidariedade (FSS), que deverá ser trocado até esta sexta (17).

O confronto contará com craques que fizeram história no futebol brasileiro. O Palmeiras vem com as seguintes estrelas: Veloso, Índio, Valtão, Polozi, Amaral, Denis, Edu Bala, Claudecir, Célio, Ademir, Esquerda, Zé Luiz, Sérgio Soares, Flávio, Adãozinho, Jean Carlo, Reinaldo Xavier e Pires. Técnico: César Maluco. O Corinthians lutará pela vitória com o seguinte time: Dagoberto, Nenê, Batata, Wladmir, Ezequiel, Guinei, Ataliba, Rogério, Nilson, Zenon, João Paulo, Ailton, Guina, Carlinhos, Pingo, Gino, Dinei e Neto. Técnico: Gilmar Fubá.

As equipes já se enfrentaram em janeiro deste ano no Estádio Primeiro de Maio. O Verdão conquistou a vitória por 4 a 2, mas quem foi o grande vencedor foi a solidariedade. A partida contou com mais de 5 mil torcedores, arrecadando mais de 5 mil quilos de alimentos, doados para o FSS.

Troca de ingressos - Para assistir ao jogo, basta trocar um quilo de alimento não perecível (exceto sal e açúcar) até esta sexta (17), em horário comercial, em um dos pontos de troca: no Ginásio Poliesportivo (Avenida Kennedy, 1.155, Bairro Anchieta), Estádio Primeiro de Maio (Rua Olavo Bilac, 240, Vila Euclides), Ginásio do Baetão (Rua Júlia César Ferreira, 270, Baeta Neves) e no Centro Esportivo Eder Simões Barbosa (Estrada do Poney Club, 148, Jardim das Orquídeas). Todos os alimentos arrecadados serão encaminhados para o FSS.


Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu