17 Jan 2019

O governador João Doria, junto ao prefeito Orlando Morando, a primeira-dama e deputada estadual eleita, Carla Morando, ao deputado federal eleito, Vinícius Poit, na terça (15), participou do almoço de inauguração da primeira unidade do restaurante ‘Bom Prato’, em São Bernardo.

Em seu discurso, o governador destacou a política municipal de buscar convênios com o governo do Estado. “São Bernardo está dando o exemplo para São Paulo e para o Brasil. Isso sem dúvida se deve à capacidade, destreza, comprometimento e qualidade do trabalho do prefeito Orlando Morando. Aqui teremos 42 mil refeições anuais de qualidade, atendendo quem mais precisa”, enfatizou.

A unidade será uma das primeiras em todo o Estado a servir três refeições completas ao público em vulnerabilidade social, com cardápio variado de café da manhã (por R$ 0,50), almoço (R$1) e jantar (R$1). O restaurante está localizado em área de 650 mil m², anexa ao Poupatempo, na região central, próximo ao terminal de ônibus João Setti e às principais linhas de ônibus do município. O ‘Bom Prato’ terá capacidade para servir 2.100 refeições diárias, sendo 300 cafés da manhã; 1.500 almoços e inicialmente 300 jantares, podendo chegar a 800. Crianças de até seis anos de idade terão alimentação gratuita.

Foram investidos R$ 4,3 milhões no local – sendo R$ 2,3 milhões do Estado e outros R$ 1,9 milhão de contrapartida do município.

Doria ainda confirmou, durante o evento, seu aval para o início dos estudos que visam à implantação de uma segunda unidade do Bom Prato em São Bernardo, na região do Grande Alvarenga. A expectativa é que o restaurante seja instalado em área anexa ao Terminal Rodoviário Grande Alvarenga. “O Bom Prato é sinônimo de respeito com as pessoas mais humildes. É um grande programa de inclusão social, onde R$ 1 é o suficiente para se fazer uma refeição completa e saudável”, disse Morando.

Bom Prato– Os pratos são elaborados por nutricionistas e passam pelo rigoroso controle de qualidade do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), oferecendo arroz, feijão, proteína, salada, complemento, fruta de sobremesa e suco. Na inauguração, o cardápio de almoço incluiu arroz, feijão, salada de alface, frango xadrez, macarrão primavera, pêssego e suco de frutas vermelhas. Na janta, o prato foi arroz, feijão, carne moída, polenta, salada de acelga e tomate, maçã e suco de uva.

O Bom Prato de São Bernardo funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 9h, no café da manhã; a partir das 11h até o término da cota diária durante o almoço; e das 17h30 às 18h30, no jantar.

A Volkswagen AG e a Ford Motor Company anunciaram, na terça (15), o primeiro acordo formal de uma ampla aliança que permitirá às empresas aumentar sua competitividade e atender melhor os consumidores em uma era de rápidas mudanças na indústria.

O CEO da Volkswagen, Herbert Diess, e o CEO da Ford, Jim Hackett (foto), confirmaram que as empresas pretendem desenvolver vans comerciais e picapes médias para os mercados globais já a partir de 2022. A aliança vai gerar ganhos significativos de escala e eficiência e permitirá a ambas as empresas compartilhar investimentos em arquiteturas de veículos que abrangem diferentes capacidades e tecnologias.

As empresas estimam que a cooperação em vans comerciais e picapes renderá um melhor resultado operacional anual antes dos impostos a partir de 2023.

Além disso, a Volkswagen e a Ford assinaram um memorando de intenções para estudar a colaboração em veículos autônomos, serviços de mobilidade e veículos elétricos e iniciaram o aproveitamento de oportunidades. Ambas as empresas também afirmaram estar abertas a considerar outros programas conjuntos de veículos no futuro. Os seus times continuarão a trabalhar nos detalhes da parceria nos próximos meses.

“Ao longo do tempo, essa aliança vai ajudar ambas as empresas a criar valor e atender as necessidades de nossos clientes e da sociedade”, disse Hackett. “Ela vai não só trazer eficiências importantes e ajudar ambas as empresas a melhorar seu desempenho, mas também nos dará a oportunidade de ajudar a formar a próxima era da mobilidade.”

Diess acrescentou: “A Volkswagen e a Ford vão combinar seus recursos, capacidade de inovação e posições de mercado complementares para melhor atender milhões de consumidores ao redor do mundo. Ao mesmo tempo, a aliança servirá como pilar para a nossa meta de aumento da competitividade.”

A aliança, que não envolve a troca de ações entre as duas empresas, será dirigida por um comitê conjunto. Esse comitê será liderado por Hackett e Diess e incluirá executivos senior de ambas as empresas.

Colaboração em vans comerciais e picapes

Tanto a Ford como a Volkswagen possuem negócios robustos em vans comerciais e picapes ao redor do mundo, com linhas populares como a família Ford Transit e a Ranger, assim como as linhas Transporter, Caddy e Amarok da Volkswagen.

O volume total de veículos comerciais leves das empresas em 2018 somou cerca de 1,2 milhão de unidades globalmente, que poderia representar o maior volume combinado da indústria com o ganho de escala de produção.

A demanda tanto de picapes médias como de vans comerciais tem projeção de crescimento global nos próximos cinco anos. A aliança permitirá às empresas compartilhar custos de desenvolvimento, aproveitar as respectivas capacidades de manufatura, aumentar a capacidade e a competitividade dos seus veículos e ter custos eficientes, mantendo as características distintas de cada marca.

Por meio da aliança, a Ford vai projetar e construir picapes médias para ambas as empresas, que devem chegar ao mercado já em 2022. Para ambas as marcas, a Ford pretende projetar e construir vans comerciais maiores para os consumidores europeus, enquanto a Volkswagen vai desenvolver e construir uma van urbana.

Dezoito entidades do Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de São Bernardo foram beneficiadas com as obras criadas por artistas plásticos e grafiteiros que participaram do programa Giro da Arte, promovido pela SBCTrans em homenagem à cidade. Em evento realizado no final de dezembro, no Salão Nobre da Prefeitura de São Bernardo, o prefeito Orlando Morando realçou a importância da iniciativa para o município e incentivou outras empresas a participarem de ações que contribuam para a elevação do nível de qualidade de vida da comunidade.

A diretora executiva da SBCTrans, Milena Braga Romano, idealizadora do programa que teve apoio da Secretaria de Cultura, salientou a tradição da empresa de participar de ações que ajudam a transformar a cidade em modelo de prestação de serviços à população.

Sobre o projeto- O projeto “Giro da Arte” foi uma ação cultural, social e ambiental, realizada em comemoração aos 20 anos da SBCTrans. Contou com a participação de 20 artistas plásticos e grafiteiros que criaram obras de arte utilizando como matéria-prima tela afixada em estrutura montada com pneus usados de ônibus da empresa que, em vez de serem descartados, receberam uma forma de aproveitamento que privilegiou a preservação ambiental.

As obras foram doadas às seguintes entidades:

 

ARTISTA - ESCULTURA

ENTIDADE BENEFICIADA

SUBTU - EM NOME DA ECONOMIA

Aldeias Infantis SOS Brasil

TESTA - MUNDO CINZA

Associação Assistencial "Carlos Henrique Thomaz"

ANJO TK - UNICIDADE

Associação Beneficente Lar do Progredir Infinito

ALEXANDRO DA SILVA - SELVA DE CONCRETO

Casa de São Vicente de Paula

BINHO RIBEIRO - TARTARUGA JORGE EM SBC

Casa dos Velhinhos Dona Adelaide

NUKE - A VIDA RESISTE

Centro de Convivênca Rafa

FEL - GRANDE IDEIA

Centro Social Maximiliano Kolbe

FEIK - A NATUREZA NOS ENSINA

Fazendo o Bem

NEM - CONSCIENCIA

Grupo Assistencial Boréia

NICK ALIVE - BUTTERFLIES

IAM - Instituição Assistencial Meimei

TERUFF - IN NATURE

INAI (Instituto J. Augusto )

TIOCH - LUZ NATURAL

Instituto Cativar

TIKKA MESZAROS - EQUILIBRIO

Instituto Jêsue

ROKO - LUZ NATURAL

Lar Escola Pequeno Leão

XGUIX - ÁGUA PARA RESPIRAR

Ministério de Ação Social da Igreja Batista Manancial - "Creche Batista Hilda Vertematti"

VMONI - UPSIDE DOWN

Núcleo de Apoio do Pequeno Cidadão

DOES - RECICLARTE

Projeto Caridade - Associação de Amparo Social

ROGÉRIO TIL - MUNDO AZUL E VERDE

Sociedade Fraternitas de São Bernardo

 

 

Pesquisas da Booking.com revelam que cerca de um terço dos viajantes brasileiros (40%) pretende se hospedar em uma acomodação não-tradicional em 2019, como casas, apartamentos, chalés e villas, e, com um mundo inteiro esperando para ser descoberto, esse é o maior incentivo para metade (52%) dos brasileiros que afirmam que se hospedar em uma residência durante suas viagens faz com que sintam que estão garantindo o melhor custo-benefício.

Ao combinar seus próprios dados e informações para revelar o que inspira os viajantes a pesquisarem mais além e buscarem o desconhecido quando selecionam lugares alternativos para se hospedarem nas próximas férias, a Booking.com viu que acomodações como cabanas ou casas de campo, para se reconectar com a natureza, são uma tendência em expansão. Diante disso, cerca de um terço (35%) dos viajantes brasileiros planejam se hospedar em uma destas acomodações mencionadas em 2019. Afinal, as férias são a chance de sair da rotina, experimentar novidades e, às vezes, mudar seu ponto de vista.

Mesmo assim, os viajantes não querem apenas inspiração: eles querem impressionar os amigos. É por isso que tantos viajantes brasileiros estão buscando acomodações alternativas para expressar sua individualidade, e 29% deles afirmam que gostariam de uma acomodação exclusiva, que faça com que eles pareçam lançadores de tendências.

Viver como um morador local também é fundamental para pouco mais da metade (54%) dos viajantes brasileiros, e eles acreditam que ao se hospedarem em uma acomodação de estilo residencial, conseguem ver regiões de uma cidade ou partes de um país que poderiam não ter conhecido.

Olivier Grémillon, Vice-Presidente da Booking.com, explica: "Vemos uma tendência evidente entre os viajantes: eles querem experimentar acomodações únicas. Nós sabemos que a acomodação perfeita pode ser diferente para cada um deles. Não importa se você busca um iglu, uma cabana aconchegante ou uma villa de luxo, a Booking.com oferece mais de 5.8 milhões de casas, apartamentos e outro lugares únicos para ficar, que podem ser reservados imediatamente para garantir que sua próxima experiência única esteja a apenas alguns cliques."

São Bernardo será a primeira cidade do Estado de São Paulo a sediar o COI (Centro de Operação Integrada), que reunirá no mesmo local a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, o DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais), da Polícia Civil, a Defesa Civil e a Guarda Civil Metropolitana. A previsão de inauguração é junho.

“Todos absolutamente integrados, com planejamento, organização e funcionamento 24 horas no comando das respectivas tropas”, explicou o governador João Doria após a inauguração do Bom Prato Dia e Noite de São Bernardo.

Segundo o governador, é preciso dar à população de São Paulo a sensação de segurança e a certeza de que as pessoas podem confiar nas polícias.

O prédio para a instalação será disponibilizado pela Prefeitura de São Bernardo, que irá transferir a Secretaria de Desenvolvimento Social para outro endereço para dar espaço ao COI.

Há previsão de outras 17 unidades do COI a serem instaladas em todo o Estado e a expansão depende dos prefeitos oferecerem edificações em boas condições.

A partir desta quarta (16), a Secretaria Municipal de Educação de São Caetano começa a fazer a entrega do recurso para o Uniforme Escolar, um benefício destinado à aquisição de um kit completo de uniforme composto por camisetas, calças, bermuda e jaqueta, para a Educação Infantil e Ensinos Fundamental e Médio. Para os bebês, a partir de seis meses, as camisetas podem ser substituídas por bodies.

São beneficiados 21.500 alunos da rede municipal de ensino. Pais ou responsáveis recebem o valor de R$ 210, que deve ser usado exclusivamente para aquisição do kit com sete peças, nas confecções de suas preferências.

Segundo a secretária de Educação, Janice Paulino César, a nova metodologia de concessão do benefício, inédita no país, desburocratiza e agiliza a entrega de uniformes no município. Uma das principais vantagens em relação ao processo tradicional de licitação é o ganho de autonomia na escolha e na aquisição do uniforme escolar. Encomendando o uniforme diretamente na confecção, os alunos podem experimentar o tamanho que lhes cabe melhor, sem a necessidade de fazer ajustes posteriores. É possível, inclusive, adquirir peças de numeração diferentes – blusa de um número e calça de outro, por exemplo – conforme as características de cada aluno.

Para a economia da cidade, o auxílio também traz ganhos, pois o valor de R$ 4,5 milhões investido pela Prefeitura de São Caetano nesse programa fica na região, aquecendo o mercado e gerando empregos.


Destaques

Visite-nos no Facebook

Main Menu

Main Menu